Plano de aula genero fábulas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 34 (8475 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de julho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Plano de Aula
Instituição: Colégio estadual Leonor Castellano. Ensino Fundamental, Médio e EJA
Disciplina: Língua Portuguesa e Literatura.
Professora Mari Grando
Série 5ªェ ou 6 ºコ ano
Tempo de duração: 4 horas aulas seguidas.

Objetivos:
·キ Promover momento de leitura e escrita em sala de aula;
·キ Possibilitar a troca de informações entre os alunos;
·キ Desenvolver a percepção dasvárias versões de textos;
·キ Trabalhar com a oralidade dos alunos;

Introdução
Apresentação do projeto ao aluno. E para começar, questyionar se o aluno sabe o que é uma fábula? Certamente, já deve ter lido ou ouvido histórias que podem ser chamadas de fábula. Então, saiba que é o mundo dessas histórias interessantes e divertidas, que iremos conhecer no decorrer de aproximadamente três semanas, pormeio de atividades desafiadoras. Ao final de nossa caminhada, você saberá tanto sobre elas que vai ser capaz de inventar a sua própria fábula e, junto com os colegas de sua classe, irá criar um livro de fábulas para apresentar aos alunos da escola. Agora vamos partir para o nosso primeiro desafio?

:
·? Compreender o sentido das mensagens orais e escritas de que é? destinatá?rio direto ouindireto;
·? Refletir sobre a lí?ngua oral, seu uso e adequaç?ã?o;
·? Expor oralmente com desenvoltura;
·? Construir sentimentos, experiê?ncias e ideias a partir da leitura;
. Desenvolver através de fábulas momentos de descontração e criatividade na produção de textos escritos modificando o narrador da história.

Avaliação:
Participação individual;
Interação com o grupo;
Exercício defixação;
Escrita de uma fábula texto;

·? quadro-giz;
·? folha branca;
·? fá?bulas impressas;
·? Professor leitor da fá?bula;
·? Diá?logo para explicaç?õ?es e organizaç?ã?o das ideias;
·? Auxí?lio do professor na construç?ã?o dos textos;

Referê?ncias :

A) 1º? Momento:
Primeiras informações gerais a respeito do gênero textual fábula
Identificando as características da fábula
Conhecendotrês importantes fabulistas
Leia o texto a seguir e procure separar as informações de cada fabulista e das respectivas fábulas.
Vamos começar pelo fabulista que foi considerado por muitos “o pai da fábula”. Esopo era um escravo que viveu, no séc. VI a.C., ou seja, há 2.600 anos. Já nessa época, o fabulista tornou-se muito conhecido na Grécia e posteriormente no mundo todo, por compor erecitar fábulas, a maioria delas criadas por ele, outras já existentes.
Contam que, na época em que Esopo viveu, quando dois povos guerreavam, aquele que perdia era transformado em escravo ou era obrigado a pagar impostos ao vencedor.
Qualquer pessoa do povo vencido podia perder sua liberdade e ser vendida e comprada como mercadoria. Foi desta forma que Esopo se tornou escravo.
Contam osestudiosos das fábulas e de seus autores que o povo de um lugar chamado Delfos condenou Esopo à morte acusando-o de tentar roubar um objeto sagrado. Assim, o fabulista foi empurrado de uma rocha chamada Hiampeio onde teve o seu fim. A história de Esopo revela que o povo de Delfos ficou irritado por um desentendimento que teve com o fabulista, por isso colocou o objeto na bolsa de Esopo e o acusou deroubo condenando-o à morte.
Esopo dirigia suas fábulas ao povo, por isso são bem-humoradas, a linguagem delas é simples e o texto curto, pois é a essência do fato que interessa ao fabulista. O conteúdo de suas fábulas relaciona-se ao comportamento no cotidiano, com conselhos sobre lealdade, generosidade, entre outros. A moral é acrescentada posteriormente.
No séc. XVI, entre 1621 e 1695, viveu oescritor francês Jean de La Fontaine. Esse escritor recontou muitas fábulas de Esopo e de outros autores, mas também criou as suas. Na época em que viveu, a França era um país muito importante por suas realizações culturais, o que favoreceu o fato de o autor utilizar um outro modo de escrever: em versos. Afinal, a poesia era muito valorizada naquele tempo. Hoje suas fábulas, por terem sido...
tracking img