Plano de aula calorimetria

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1815 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Federal da Bahia - UFBA

PLANO DE UNIDADE
FÍSICA - CALORIMETRIA

LUCIANO LUNARDI

Salvador - BA
2012
LUCIANO LUNARDI

PLANO DE UNIDADE
FÍSICA – CALORIMETRIA

Trabalho apresentado a disciplina de Estágio Supervisionado III no curso de Licenciatura Especial em Física da Universidade Federal da Bahia – UFBA, como pré-requisito para obtenção de nota.

Professora: FrankSalvador – BA
2012
Plano de aula 01 e 02

Introdução à Calorimetria

Tema:
Calor como energia – A História da natureza do calor.

Objetivo:
Perceber a evolução do conceito de calor na história da humanidade;
Dominar o conceito de calor.

Estratégias:
Aula expositiva, com slides e vídeos.
Perguntas e debates para fixar os conceitos apresentados.

Tempo de duração: 2 aulasAtividades:
Pesquisar sobre os cientistas e pesadores comentados em sala de aula.

Avaliação:
Participação, assiduidade e presença.

Textos base

A história da natureza do calor.
Calor como fluido:
a) Teoria do flogístico;
b) Teoria do calórico;
Um modelo para calor e matéria:

Os filósofos gregos dos séculos V e VI a.C. , Empédocles, Aristóteles e outros, acreditavam que o fogo,ao lado da água, da terra e do ar, era um dos elementos formadores da natureza. Essa ideia sobreviveu por quase dois mil anos, incluindo-se nesse período os alquimistas, que admitiam ter o fogo um poder extraordinário para leva-los ao encontro da pedra filosofal e do elixir da vida. Em 1661, o químico irlandês Robert Boyle (1627-1691), contemporâneo de Newton, em sua obra “O químico cético",emitiu com precisão o conceito de elemento químico. Entretanto Boyle, ainda incluía o fogo como um desses elementos. Alguns anos depois, o médico do rei da Prússia, Georg Stahl, criou a idéia do flogístico. Segundo ele, o flogístico era o princípio do fogo. Um corpo ao ser queimado perdia o flogístico e virava cinza; ao se aquecer um corpo, este recebia flogístico; ao se resfriar, o corpo perdiaflogístico. Antoine Laurent Lavoiser (1743-1794) derrubou definitivamente, em 1777, a teoria do flogístico, explicando a combustão como uma simples reação com o oxigênio. Lavoisier, introduziu o termo calórico para descrever o elemento imponderável responsável pelo aquecimento dos corpos, por algumas reações químicas. Em colaboração com Pierre Simon Laplace (1749-1827), fez importantes estudos sobre ocalor liberado na combustão. O grande prestígio científico de Lavoisierfez com que essa idéia do calórico tivesse aceitação, embora ela nunca obtivesse unanimidade.
Em 1798, Benjamin Thompson (1753-1814), conde de Rumford- físico americano refugiado na Inglaterra, trabalhando em Munique, na Alemanha, ficou impressionado com o intenso aquecimento dos cilindros de latão perfurados para seremutilizados em canos de canhões. Rumford realizou diversas experiências para entender melhor esse aquecimento e, em todas ficou claro que o calor não poderia ser um fluido, a hipótese de ser originário do movimento era bem mais aceitável. A idéia atual de que calor é energia, surge então com Rumford. A equivalência entre calor e energia mecânica foi determinada por Julius Robert Mayer (1814-1878) em1842 e, com mais precisão, por James Prescott Joule (1818-1889) em 1843, quando a ideia do calórico não foi mais aceita. Entre 1850 e 1870 a longa marcha para a teoria completa do calor é elaborada porWilliam Thomson, mais conhecido como Lord Kelvin(1824-1907), Joule, Hermann von Helmholtz(1821-1894) e Rudolf Clausius (1822-1888).

O que é calor
Até o século XVIII havia muitos cientistasrenomados que acreditavam que o calor poderia ser uma substância que fluiria de um corpo para o outro. Comumente hoje também usa-se a palavra “calor” em nosso dia-a-dia de maneira muito vaga, muitas vezes como sinônimo da palavra “quente”.
Sabendo que o conceito de temperatura está associado à energia, definimos calor como a energia transferida entre dois sistemas como consequência de uma diferença de...
tracking img