Plano de aprendizagem

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2940 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE INTERNACIONAL DE CURITIBA

LINGUA PORTUGUESA: DIVERSIDADE CULTURAL

CONFINS

2011

FACULDADE INTERNACIONAL DE CURITIBA

RAQUEL CANDEA NUNES DE ASSIS RU: 650660

SAIÔ DE ASSIS PEÇANHA RU: 183577

SILVANA SANTOS NUNES RU: 535940

LINGUA PORTUGUESA: DIVERSIDADE CULTURAL

CONFINS

2011

SUMÁRIO:Pag

INTRODUÇÃO................................................................................... 3

DESENVOLVIMENTO........................................................................ 42 – EDUCAÇÃO, DIVERSIDADE E PESQUISA: PROCESSO DE CONSTRUÇÃO SOCIAL DOS SUJEITOS E A COMPREENSÃO DA MULTICULTURALIDADE NA ESCOLA................................................ 4

2.1 – EDUCAÇÃO E DIVERSIDADE................................................... 6

2.2 – EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS.................................... 7

2.3 – PESQUISA E PRÁTICA PROFISSIONAL –DIVERSIDADE CULTURAL............................................................... 9

CONCLUSÃO...................................................................................... 11

BIBLIOGRAFIA.................................................................................... 12

INTRODUÇÃO

O objetivo deste trabalho é observar e discutir como a escola tem aceitado o desafio detrabalhar a diversidade cultural. Refletir em torno da democracia racial, cultural, etnia, identidade ética e multiculturalismo.

Diversificar não significa formar grupos homogêneos com as mesmas dificuldades, mas, a diversidade existe no grupo favorecerá a troca de experiência e o crescimento de cada um

.A presença de diferentes experiências socioculturais no Brasil, contribuindo para orepensar da prática pedagógica do professor e a formação do aluno enquanto sujeito das suas ações.

A temática do multiculturalismo como movimento teórico e como prática social que contesta preconceitos e discriminações a indivíduos e grupos culturais historicamente submetidos a processos de rejeição ou silenciamento por sua condição de pertencimento identitário distinto dos padrõesdefinidos como válidos e aceitáveis, seja no espaço escolar ou no contexto social mais amplo. O argumento central é o de que pensar e viver no mundo atual, passa pelo reconhecimento da pluralidade e diversidade de sujeitos e de culturas com base no respeito e tolerância recíproca, concebendo as diferenças culturais não como sinônimo de inferioridade ou desigualdade, mas equivalente a plural e diverso.O cenário histórico do mundo atual, bem como o multiculturalismo e suas origens, seus significados e concepções teóricas, como forma de evidenciar o sentido político cultural de se educar as atuais e as novas gerações a partir de uma visão multiculturais crítica, que leve em conta, no processo formativo dos sujeitos, a necessidade e importância de se reconhecer, valorizar e acolheridentidades plurais sem representar ameaças ou quaisquer formas de naturalização do preconceito e desrespeito à vida humana, independente de sexo, cor, gênero, credo, etnia, nacionalidade.

Busca se, com isso, superar mecanismos discriminatórios ou silenciadores da diversidade cultural, em nome de uma sociedade baseada na justiça.

DESENVOLVIMENTO:

2 - EDUCAÇÃO, DIVERSIDADE EPESQUISA: PROCESSO DE CONSTRUÇÃO SOCIAL DOS SUJEITOS E A COMPREENSÃO DA MULTICULTURALIDADE NA ESCOLA.

O reconhecimento dos diversos recortes dentro da ampla temática da diversidade cultural (negros, índios, mulheres, portadores de necessidades especiais, homossexuais, entre outros) Pensar e viver no mundo atual passa pelo reconhecimento da pluralidade e diversidade de sujeito...
tracking img