Plano de alua

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3215 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
os elementos teatrais;
2) Perceber a importância da leitura e de como ela deve ser estimulada (mostrar a leitura em diferentes planos: oral e escrito);
3) Refletir e apontar a contextualização das diversidades culturais;
4) Enfocar a religiosidade, os interesses políticos e os estratégicos;
5) Estabelecer relação da obra com fatos atuais;
6) Comparar a linguagem teatral com a linguagemcinematográfica e relacionar "O Auto da Compadecida" (a peça e o filme) com a obra clássica "O Auto da Barca do Inferno", de Gil Vicente.
Estratégias
1) Escolher cenas para leitura dinâmica em sala de aula, orientada pelo professor;
2) Relacionar a cena teatral com a cena do filme, procurando verificar as diferenças de linguagem;
3) Propor trabalhos em que os alunos escolherão cenas da peça eapresentarão em sala;
4) Explorar os variados estilos da linguagem teatral (tragédia, comédia etc.);
5) Discutir a presença do palhaço na peça e a ausência dele no filme.
Resumo da obra
A peça apresenta tipos puramente populares da realidade brasileira, mostrando a saga de João Grilo e Chicó para driblar as agruras da pobreza e da fome. Por meio de mentiras e pequenos golpes, os dois conseguemsobreviver no agreste. Vê-se na obra o apego que o povo nordestino têm pelo catolicismo e o medo do diabo. O julgamento - em que se defrontam a defesa (Nossa Senhora) e a acusação (o diabo) - mostra os prós e o contras das fraquezas e virtudes humanas. Esta é a verdadeira essência da peça e revela o grande confronto e as justificativas das fragilidades versus as virtudes.
Sugestão de critérios deavaliação do trabalho encenado
1) Posicionamento em relação ao público, expressão corporal;
2) Fala e voz: entonação e dicção;
3) Exploração de recursos. Exemplo: cenário, música e recursos multimídia;
4) Linguagem: emprego da variedade lingüística;
5) Organização: harmonia entre os componentes do grupo.



Analisando a crônica como gênero literário

Objetivos
1) Analisar e identificar ogênero crônica;
2) Interpretar e verificar os vários recursos utilizados por autores brasileiros;
3) Identificar aspectos e características do gênero;
4) Caracterizar o narrador da crônica.
Ponto de partida
Numa de suas crônicas, Ivan Ângelo comenta como seus leitores se referem a seus escritos: "reportagens", "contos", "comentários", "críticas", "coluna". Estariam errados?
O escritorFernando Sabino chega a concluir que "crônica é tudo que o autor chama de crônica". O crítico Antônio Cândido, por sua vez, afirma que "a crônica está sempre ajudando a estabelecer ou restabelecer a dimensão das coisas e das pessoas". Algumas características, no entanto, permitem identificar a crônica como gênero literário.
Estratégias
1) Dividir a classe em grupos e selecionar com os alunos umconjunto de crônicas em jornais e revistas;
2) Cada grupo deve escolher uma crônica para discussão e análise. Serão propostos os seguintes tópicos para discussão:
A crônica narra de forma artística e pessoal fatos do cotidiano, geralmente colhidos no noticiário jornalístico. Que fatos estão enfatizados nesta crônica?
A crônica geralmente é um texto curto e leve, escrito com objetivo de divertir oleitor e /ou levá-lo a refletir criticamente sobre a vida e o comportamento humano. Como estes dois objetivos estão presentes na crônica escolhida?
O narrador presente na crônica pode ser do tipo observador ou personagem. Como é o narrador da crônica analisada?
A crônica emprega geralmente a variedade padrão informal em linguagem curta e direta, próxima do leitor. Analise a linguagem empregada nacrônica.
Sugestão de atividades
Os alunos podem partir de situações do cotidiano para a produção de textos. Reunidos em pequenos grupos, podem identificar episódios do cotidiano escolar e comentá-los em forma de pequenas crônicas. Essa atividade ganha maior interesse se for desenvolvida nos últimos anos do Ensino Fundamental.
Sugestões de leitura
"Comédia para se Ler na Escola", Luiz Fernando...
tracking img