Planetas universo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1502 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Resumo: Alexandre estava farto da sua vida, o pai estava a trabalhar na plataforma de petróleo do mar Cáspio e ele estava a morar com a sua madrasta com quem nunca se tinha dado bem. As notas da escola eram miseráveis e tinha sempre a Maria atrás, uma rapariga com um cheiro a maçã detestável que gostava dele e que ele não suporta. Alexandre tinha uma paixão por Sibila que não lhe ligava nenhuma.Agora parecia que as coisas iam piorar, a madrasta Iraci tinha ido ao aeroporto buscar a sua prima Vanília, que Alexandre suponha que seria tão detestável como ela. Alexandre resolveu ir comer umas tostas mistas a uma esplanada das Docas. Enquanto caminhava nas Docas, á procura de uma boa esplanada ou de alguém conhecido, viu um rapaz de costas para ele, virado para o mar, que tinha uma cabeçae um cabelo que lhe parecia já ter visto em algum lado. Pensou que seria só uma impressão, pois não lhe parecia ninguém conhecido, então contornou as mesas para poder vê-lo melhor de frente e chegou á conclusão de que aquele rapaz não era só parecido, mas sim igual a ele.
Ao vê-lo o rapaz também ficou admirado, e pediu lhe para se sentar com um sorriso. O seu nome era Alex, e trabalhava a bordodo barco de um milionário, chamado Miles.
Começaram a partilhar coisas das suas vidas, Alex contava o quanto estava farto de tudo naquele barco, do mar, das ondas e Alexandre contava o quanto estava farto da família e da madrasta. Impressionado com as aventuras e desventuras que Alex lhe contava Alexandre disse que se pudesse trocava com ele. Alex ficou pasmado, agarrou--o <!--[if!vml]--> <!--[endif]--> por um braço e disse que isso era possível, visto que eram iguais ninguém iria reparar. Alex sugeriu que Alexandre embarcasse em seu lugar e que ele fosse para sua casa fazer a sua vida durante um mês.
Alexandre estava de pé atrás, mas acabou por aceitar, não pondo de parte a hipótese de voltar atrás no último minuto. Trocaram bilhetes de identidade, telemóveis e Alexlevou Alexandre ao barco onde este embarcaria de madrugada.
Despediram se e Alexandre entrou no barco, a cabina destinada ao empregado de bordo era pequena mas não o desagradou. Foi então que bateram à porta, era Renato o outro empregado de bordo. Passaram-se dias e Alexandre não tinha tido qualquer contacto com Alex, mesmo existindo um computador na cabina. Embora quisesse desligar de tudo,Alexandre não resistiu em ligar o computador e ver se havia novidades de Alex, mal o ligou viu uma mensagem dele a contar como tinham sido os seus primeiros dias e como tinha convencido Maria a mudar de perfume. Depois de umas boas gargalhadas a ler a mensagem de Alex e de lhe responder, era hora de voltar ao trabalho. Navegavam pelo Mediterrâneo, rumo a Veneza. O comandante do barco, Rugendas, erasevero mas simpático e numa tarde tinham-no visto a pintar, bonitos quadros de paisagens.
Mal chegaram a Veneza, o comandante deu-lhes a tarde livre e eles resolveram ir passear pelas belas ruas da cidade. Alexandre nunca tinha estado em Veneza por isso apreciava deslumbrado as paisagens e monumentos, mas Renato já lá tinha estado então entreteve-se a olhar para as pessoas, as ruas estavam cheiasde turistas, e Renato aproveitou esse facto para chocar com duas raparigas lindas que falavam numa língua desconhecida. Pedir desculpa foi a maneira que arranjou de meter conversa.
Eram suecas, uma chamava se Liv, e a outra Molin. Para as impressionar Renato inventou que tinha nascido ali perto mas que agora estava a morar em Roma em casa do primo, que era supostamente Alexandre e fingiu-se oguia turístico de Liv, chegando depois a beijá-la. Alexandre, também não se ficou atrás e beijou Molin.
Renato não se contentava e continuou a inventar factos da sua vida e da de Alexandre, para as impressionar, inventando até que Alexandre era muito rico. As raparigas estavam ali em visita de estudo e por isso tinham de se ir embora. Renato fez questão de dizer que queria voltar a vê-las, então...
tracking img