Planejamento e uma aula de libras

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1217 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
PLANEJAMENTO DE AULA DE LIBRAS
Desafio de aprendizagem da Disciplina de LIBRAS. Língua brasileira de sinais do Curso de Pedagogia da Universidade Anhaguera-Uniderp.


















INTRODUÇÃO
Ensinar crianças com diferenças,ainda é um desafio,pois no período em que a inclusão e uma realidade as escolas ao mesmo tempo em que recebe um aluno com necessidadeseducacionais especial estão ainda aprendendo a ensiná-la.Existem ainda muitos professores despreparado para lidar com esse tipo de renovação em sala de aula.Mas a tendência é de mudança ainda que lenta,alguns lugares a inclusão já é um trabalho de equipe.E isso está fazendo grande diferença.
É o que está acontecendo em uma das escolas aqui em nossa cidades Hortolândia,apesar de existirvárias,fomos conhecer uma delas :EMEIF.Nova Hortolândia.Na sala do 5º ano tem 1 aluna e no 4º ano há 3 alunos,onde a prª Elaine é a interprete das salas.
Baseando nessas salas ,preparamos abaixo uma plano de aula com conteúdos iguais porém com algumas atividades que irá auxiliar a aluna.









Plano de aula

A- Público alvo.
Para turma do 5º ano da 1º fase do ensino fundamental.

B-Perfil da turma.
Trata-se de uma turma de 28 crianças onde uma delas tem necessidade de educação especial, pois tem deficiência auditiva (surdo) é usuário fluente e proficiente de libras e tem acompanhamento de um intérprete. Professora e turma receberam noções de libras onde as crianças muitas vezes ajudam a professora a entender o que a colega surda quer dizer. Eles sentam em fileirase tem acesso a revistas, livros e jornais.

C- Tema da aula.
-Escrita de conto de terror.

D- Justificativa.
- Tema escolhido para que os alunos conheçam contos de terror,melhorar a produção de texto leitura e escrita.
Tem por ojetivo Apossar-se de recursos lingüísticos para produzir contos de terror. Colocar-se na posição de leitor e revisar os próprios textos. Desenvolver posturas paraescuta atenta, para a compreensão.


Serão necessário 5 aulas.

F- Conteúdo Previsto.
A sugestão é que leia os contos,mas não precisa usar todos para produção escrita.Será realizada uma leitura e em seguida deverá haver uma conversa com os alunos a respeito da problemática que o mesmo aborda.Por fim deve ser realizada uma produção escrita sobre um tema suscitado pelo conto do dia.
G-Procedimento de ensino.
Além de escuro, o lugar onde o conto será lido pode ser ambientado com alguns cartazes que contenham os trechos mais assustadores da história. Também pode ser usado objetos que contenha na história Isso deve ajudar o aluno com deficiência auditiva a compreender a encenação. Máscaras e acessórios assustadores também ajudam na interpretação. Prepare imagens, desenhos,fotos com símbolos representam alguns vocábulos principais dos contos de terror. Use com todos e individualmente com o deficiente auditivo como referência no momento das tiras, como apoio para a produção. Substantivos abstratos, adjetivos e advérbios, em geral, são de difícil compreensão para o aluno com DA. Pede para o intérprete para fazer a leitura. Ao longo dos debates, anote os pontos levantadospelos alunos no quadro. Em grupos, as crianças podem ajudar a colega com deficiência auditiva escrevendo todas as idéias para a reestruturação do texto. Peça para que falem pausadamente e olhando para o colega para estimular a leitura orofacial. Vale lembrar, também, que a exibição de trechos do filme Poltergeist precisa ter legendas. Se necessário, pode ser recomendado a aluna surda que releiao conto e assista novamente ao filme no decorrer das realização das atividades subseqüentes.

1ª Aula
Leia o conto Medo de Espelhos, se possível em um local previamente preparado, escuro e à luz de velas. Crie suspense ao ler, mude o tom de voz e faça pausas para provocar medo e tensão. Em seguida, comece o debate. O que despertou medo? E suspense? Algum trecho frustrou e poderia ser...
tracking img