Planejamento familiar

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 39 (9678 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Sistema de Ensino Presencial Conectado
SERVIÇO SOCIAL

daniele cerqueira barreto

atuação do assiStente social em programas de planejamento familiar

DANIELE CERQUEIRA BARRETO

atuação do assiStente social em programas de planejamento familiar

FEIRA DE SANTANA

2010

DANIELE CERQUEIRA BARRETO

atuação do assitente social em programas de planejamento familiar

Trabalho deConclusão de Curso apresentado à Universidade Norte do Paraná - UNOPAR, como requisito parcial para a obtenção do título de ...... em Serviço Social.

Orientador: Prof.

FEIRA DE SANTANA
2010

Dedico esse trabalho a todos que estiveram ao meu lado, me incentivando em todos os momentos.

O meu corpo, que afinal não se alheia.
E meu sim, minha praça do prazer,
Com suas dores, seus limitesnovos,
Seus modus operandi, seus modus vivendi.
(Daniel, 1991:5)

Barreto, Daniele Cerqueira. Atuação do assistente social em programas de planejamento familiar. 2010. 40 folhas. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Serviço Social) – Centro de Ciências Empresariais e Sociais Aplicadas, Universidade Norte do Paraná, Feira de Santana, 2010.RESUMO
O planejamento familiar é conhecido como o conjunto de técnicas e práticas que permite às famílias decidir sobre a quantidade de filhos que eles querem ter. No entanto no âmbito social existe uma série de conflitos sobre o planejamento familiar que a frieza do jargão médico não consegue abarcar. Essa prática começou a ser disseminada na sociedade primeiramente pelos estudos de Malthus querelacionam o crescimento populacional à pobreza. Então grupos dominantes assumiram um planejamento familiar como forma de controle da pobreza. Mas aos poucos as concepções controlistas foram substituídas por uma consciência das mulheres de terem o domínio de suas vidas e decidirem o que é melhor para elas. Nesse processo de decisão entra de forma preponderante fatores socioeconômicos. Nesse âmbitoo planejamento familiar passa a ser uma resposta diante da crescente dificuldade econômica das famílias de darem sustentação a uma prole numerosa. Modernamente diversos movimentos sociais vêm a questão do planejamento familiar sobre a ótica da necessidade das mulheres se emanciparem econômica e politicamente e da reestruturação das famílias diante da realidade social em que vivemos.Palavras-chave: Planejamento Familiar - Serviço Social - Feminismo

ABSTRACT
Family planning is known as the set of techniques and practices that allows families to decide on the number of children they want to have. However in the social sphere there are a number of disputes about family planning than the coldness of the medical jargon can not cover. This practice began to be disseminated in societyprimarily by Malthus studies linking population growth to poverty. So dominant groups have undertaken family planning as a way to control poverty. But gradually the conceptions controllists were replaced by an awareness of women having the area of their lives and decide what is best for them. In the process of decision comes in so predominant socioeconomic factors. In the context of family planningbecomes a response in the face of growing economic hardship of families to give support to a numerous offspring. Nowadays various social movements have the issue of family planning on the optics of the need for women emancipate themselves economically and politically and the restructuring of families on social reality in which we live.

Keywords: Family Planning - Social Work - FeminismSUMÁRIO
1. INTRODUÇÃO --------------------------------------------------------------------------2
2. O QUE É PLANEJAMENTO FAMILIAR-----------------------------------------10
3. O PLANEJAMENTO FAMILIAR NO CONTEXTO DAS POLITICAS PÚBLICAS.------------------------------------------------------------------------------11
4. PLANEJAMENTO FAMILIAR NA SOCIEDADE CAPITALISTA----------23...
tracking img