Planeamento familiar

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1598 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
República de Angola
Ministério da Educação
Instituto Médio Industrial de Luanda
(I.M.I.L)

Luanda aos 15-09-2011

República de Angola
Ministério da Educação
Instituto Médio Industrial de Luanda
(I.M.I.L)
Tema : Planeamento Familiar
Elaborado Por: Mauro B. S. PangoNº27
Turma: ET10A
Sala: 56
Classe: 10ª
Curso: Electronica e Telecomunicação



Luanda aos 15-09-2011
Índice
Introdução.................................................................................................................................1
O Planeamento familiar.......................................................................................................2Os objectivos do planeamento familiar..........................................................................3
O que é uma consulta de planeamento familiar?...................................................3.1
O que se faz nas consultas de planeamento familiar............................................3.2
PosiçãaoReligiosa....................................................................................................................4
Métodos...................................................................................................................................4.1
Conclusão...................................................................................................................................5Biografia.....................................................................................................................................6


Introdução
O planeamento familiar é uma forma de assegurar aos cidadãos o acesso à informação, aos métodos de contracepção eficazes e seguros e aos serviços de saúde adequados, que permitam uma sexualidade segura e saudável, bem como uma gravidez e parto nas condições mais adequadas.
A partir da Declaraçãouniversal dos direitos humanos de 1948, a comunidade internacional, vem firmando uma série de convenções nas quais são estabelecidos os estatutos comuns de cooperação mútua e mecanismos de controle que garantam um elenco de direitos considerados básicos à vida digna, os chamados direitos humanos.
A Conferência Internacional da ONU sobre População e Desenvolvimento (CIPD), realizadano Cairo em 1994, conferiu papel primordial à saúde e aos direitos sexuais e aos direitos reprodutivos, ultrapassando os objetivos puramente demográficos, focalizando-se no desenvolvimento do ser humano.
A assistência em planejamento familiar deve incluir acesso à informação e a todos os métodos e técnicas para concepção e anticoncepção, cientificamente aceitos, e que não coloquem em risco a vida e a saúde daspessoas.
Para ser bem sucedido, um programa de planejamento familiar deve ser parte integrante de um plano econômico. Requer a existência de uma série de condições favoráveis, como educação, saúde, atendimento médico-hospitalar, consciência e aprovação popular.


O Planeamento familiar
O nascimento de um ser humano pode proporcionar uma grande alegria, quando no ambiente que o rodeiaexistem condições de afecto, amor, segurança, equilíbrio, necessário ao seu desenvolvimento harmonioso. A escolha da melhor época para o nascimento de uma criança implica que os casais façam um planeamento familiar, tendo em conta o respeito de um pelo outro e pela vida.
O planeamento familiar permite aos casais decidir, de forma responsável, consciente e livre, o número de filhos que querem tere a ocasião em que o desejam; ajuda também a evitar o aborto e a resolver problemas conjugais.
Para além disto, o planeamento familiar ajuda os casais que têm problemas de infertilidade, actua na prevenção das Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST) e ajuda no diagnóstico precoce do cancro da mama e do colo do útero.
No planeamento familiar, é importante o casal ser responsável e ter...
tracking img