Pitagoras de samos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2899 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Vida

Determinar qualquer coisa sobre o que fazia ou pensava Pitágoras é extremamente complexo, já que o próprio não deixou nenhum tipo de documento ou registro escrito e todos os comentários sobre ele foram feitos muitos anos após sua morte.
Crê-se, no entanto, que Pitágoras tenha nascido entre 570 e 590 a.C, na Ilha de Samos (atual costa da Turquia) e que seus pais eram umrico joalheiro de Tyre chamado Mnésarcnos e uma mulher de Samos chamada Parthénis.
Conta a lenda que uma pitonisa do Oráculo de Delfos alertou os pais de Pitágoras que teriam um filho cuja a inteligência, a bondade e a beleza seriam excepcionais. As historias continuaram, relatando que a sabedoria do jovem Pitágoras assombrava os doutores das melhores escolas de Samos.
Até os18 anos, Pitágoras teve como mestre Hermodamas de Samos e mais tarde sofreu a influência de mestres como Ferécides de Siros, Pherekydes, Thales de Mileto e Anaximandro.
Apesar de Pitágoras ser conhecido atualmente como um grande filosofo e matemático, as primeiras evidencias mostram, porém, que antigamente ele era famoso, em primeiro lugar, como um profeta especializado no destino daalma após a morte, e depois, como um especialista em rituais religiosos. Ele acreditava que a alma era imortal, e que passava por uma série de reencarnações. Isto é chamado de metempsicose, que é a transmigração da alma após a morte, de um corpo para outro.
Como ninguém fez por Pitágoras o que Platão fez por Sócrates, muitas coisas sobre seus pensamentos permanecem controversas. Uma delas ése também engajara a cosmologia racional, já que esse tema era típico na filosofia do período pré-socrático.
Então, para compreendê-lo, é necessário ultrapassar sua falsa glorificação, pois nos primeiros séculos antes de Cristo se tornou moda referir-se a Pitágoras como uma figura semi-divina, e, além de todas as lendas em torno de Pitágoras, ainda foram forjados documentos em seu nomee em nome de muitos pitágoricos.
Os únicos relatos confiáveis sobre Pitágoras surgem cerca de 800 anos após sua morte, com Diógenes Laércio (200-250 d.C.), com Porfírio (234-305 d.C.) e com Jâmblico (245-325 d.C.). Cada um deles enfatizou um ponto diferente de Pitágoras. Enquanto Diógenes e Porfírio escreviam sobre a vida de Pitágoras, Jâmblico registrou o modo de vida que Pitágorasimpôs aos seus seguidores. Eles basearam seus documentos em fontes anteriores, orais e escritas, que agora estão perdidas.
A maioria das historias sobre Pitágoras mostram que ele era um profeta, matemático, musico, místico, filosofo e astrônomo; e que viajou pela Fenícia, Babilônia, Arábia, Índia, Pérsia e Egito - onde passou mais de vinte anos-. Foi contemporâneo de Buda (563-483 a.C), deConfúcio (479-441 a.C.), de Lao-Tsé ( século IV a.C.) e do Faraó Amasis (570-526 a.C).
Depois de suas viagens, voltou para sua terra natal, mas como ficou horrorizado ao ver Samos nas mãos de um tirano chamado Polícrates, Pitágoras saiu da ilha e fixou-se em Crotona, uma colônia grega no sul da atual península itálica; e com o patrocínio de Milo, que era o homem mais rico e poderoso dacidade, fundou a Escola Pitágorica.
Dizem que se casou com a filha de Milo, Teano, que se tornou uma de suas alunas na Escola, e que tiveram duas filhas juntos. Acredita-se que Teano tenha sido a primeira matemática do mundo.
Atribuísse a Pitágoras a criação da palavra Filosofia (amor à sabedoria) e a palavra matemática (o que é aprendido).
Pitágoras morreu por volta de497 a.C, em Metaponto. Alguns pensam que ele foi assassinado após fugir da Escola Pitágorica, que foi destruída por forças democráticas do sul da Itália. Porém não se tem o conhecimento se isso é verdade.




A Escola Pitágorica


Por volta de 540 a.C, Pitágoras fundou a Escola Pitágorica - também conhecida como Irmandade Pitágorica e Escola de Pitágoras-, na cidade de...
tracking img