Piscina de marés

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1911 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA CURSO: ARQUITECTURA E URBANISMO 2011/2012

Teoria da Arquitectura

Piscina De Marés Álvaro Siza Vieira



Índice
1. Introdução.................................................................................................. 3 2. Leça da Palmeira ....................................................................................... 4 3. Piscinas deMasrés .................................................................................... 7

Disciplina: Teoria da Arquitectura

Página 2


Faculdade de Ciência e Tecnologia Curso: Arquitectura e Urbanismo

Introdução
No âmbito da disciplina de teoria da arquitectura foi proposto a realização de um estudo sobre uma obra arquitectónica ao nosso critério tendo em conta a matéria leccionada emaula e o ano de construção do edifício. Tendo em conta os objectivos deste trabalho a minha escolha recaiu sobre a Piscina de Marés do arquitecto Álvaro Siza Vieira e implantada na praia de Leça da Palmeira. Neste trabalho faz-se uma breve discrição da zona onde o edifício foi implantado e a sua importância na época, fala-se do promotor deste projecto, a Câmara Municipal, que tipo de ideaistinham para a zona costeira de Leça e a sua mentalidade arquitectónica, explicarse-á também um pouco o edifício e a sua integração na envolvente e, por fim, estuda-se o edifício aplicando o método sociológico, sendo este último a parte mais importante deste trabalho, compreender a imagem que os promotores do projecto queriam passar, definir o público alvo, entre outros aspectos.

Disciplina: Teoriada Arquitectura

Página 3

Faculdade de Ciência e Tecnologia Curso: Arquitectura e Urbanismo

Leça da Palmeira
Inicialmente, a marginal de Leça da Palmeira, era apenas constituída pelas suas praia e dunas, que juntamente com o Rio Leça dominavam a paisagem. Na década de 80 do século XIX aparece um novo meio de transporte na região, "o americano sobre carris", que veio facilitar a deslocaçãodas pessoas que pretendiam ir para Leça da Palmeira, principalmente as praias. Nesta altura deu-se inicio à construção do porto de Leixões, sendo concluído em 1892, onde "dominavam" dois enormes guindastes, baptizados de Titãs, capazes de elevar blocos de cinquenta toneladas. Esta imponente obra veio alterar completamente a paisagem e o modo de vida da até então pacata vila de Leça. Devido a estaconstrução os banhistas começaram a ir para a zona mais a norte fugindo assim da "zona industrial", que era obviamente desagradável visualmente possuindo uma poluição sonoro considerável. Tal facto faz com que a Câmara Municipal comece a ter mais preocupação em tratar a zona costeira de modo a atrair mais visitantes para a zona e a preservar os já existentes, maioritariamente turistas ingleses.Disciplina: Teoria da Arquitectura

Página 4


Faculdade de Ciência e Tecnologia Curso: Arquitectura e Urbanismo

No começo do século XX foram abertas as primeiras ruas da marginal, possibilitando assim uma melhoria nos acessos. Com a inauguração do Farol da Boa Nova (1927) foi aberta uma estrada até essa zona que anos mais tarde se estenderia até à Capela da Boa Nova, local onde, duranteo século XV, se localizou um mosteiro franciscano. No fim dos anos cinquenta é construída a famosa Casa de Chá, projectada pelo principal responsável pela imagem que a marginal apresenta nos dias de hoje, Álvaro Siza Vieira, Desta forma, Leça da Palmeira começou a ser conhecida como uma importante estância balnear, frequentada pelos já referidos turistas ingleses, famílias burguesas e também porartistas como o poeta António Nobre, o pintor António Carneiro, entre outros.

Com todos os acontecimentos referidos anteriormente e com a fama crescente que a zona estava a ganhar a Câmara queria oferecer mais aos visitantes, queria promover a zona, mas promovendo-a com algo novo, algo nunca antes visto ao pelos menos visto por poucos. Reapareceu então uma ideia já antiga mas que nunca...
tracking img