Piscicultura

Páginas: 11 (2504 palavras) Publicado: 25 de fevereiro de 2014



Instituto Federal de Educação Ciência e tecnologia de Mato Grosso. Campus - Cáceres

Discente: Mariana Da Silva Caxito. Docente: Monique Piscicultura.Doenças, diagnósticos e prevenções de doenças de peixes.

26/01/2014

.



Peixes - Doenças e Parasitoses

Os peixes coexistem com parasitas e patógenos na natureza, em equilíbrio. Alterações ambientais como queda dos teores de oxigênio dissolvido (OD) aumento de gás carbônico (CO2), amônia (NH3) enitrito (NO2), altas estocagens e níveis de arraçoamento, remoção e reestocagem podem causar estresse, redução da resistência, ferimentos e facilitar o desenvolvimento de enfermidades. O ambiente aquático pode ser contaminado também via água de abastecimento, introdução de peixes, cobras, tartarugas, caramujos, sapos e rãs, aves piscívoras, rações, equipamentos contaminados, etc..
Quadro clínico:Infecções por bactérias (Bac), fungos (Fun), vírus (Vir), parasitas (Par) e por deficiência nutricionais (Nut):




















Sinais Clínicos
Bac   Fun    Vir   Par   Nut
1. Hemorragias (olhos, tronco, nadadeiras, boca, abdômen)
   X                X               X
2. Lesões corporais (necroses, úlceras e furúnculos)
   X       X       X      X
3. Manchasdespigmentadas (descoloridas) pelo corpo
   X       X
4. Abdômen inchado ou comprimido (barriga seca)
   X                 X      X      X
5. Olhos saltados e córnea opaca (catarata)
   X                 X      X      X
6. Coloração anormal (escurecimento ou palidez)
   X                 X      X      X
7. Excessiva produção de muco no corpo e nas brânquias
                              X
8.Anemia (palidez das brânquias)
   X                 X      X      X
9. Áreas necrosadas e deformidades nas brânquias
   X       X                X      X
10. Pontos brancos, amarelos ou pretos no corpo (cistos)
                              X
11. Nadadeiras desfiadas ou necrosadas (podridão ou erosão)
   X       X                         X
12. Deformidades corporais                                       X
Alterações de Comportamento
 
1. Perdas de apetite
   X       X       X       X       X
2. Letargia (natação vagarosa ou peixe fica parado)
   X       X       X       X       X
3. Peixes boqueando na superfície (asfixia)
   X       X                X       X
4. Peixes raspam o corpo em alguma superfície (prurido)
                              X
Sinais Clínicos Internos
 
1. Órgãos internos(fígado, baço e rins) hemorrágicos
   X                X
2. Fluído claro ou opaco na cavidade abdominal
   X                X        X       X
3. Fluído amarelado ou sanguinolento no intestino
   X                X
4. Lesões (tipo úlcera no fígado)
   X                X                 X
5. Hiperplasia (aumento de tamanho) de órgãos internos
   X                                   X
6. Fígado decor anormal, aspecto friável e margens espessas
   X                                   X
7. Baço de tamanho aumentado e com margens espessas
   X
8. Cistos brancos no fígado
                                X





Flexibacter columnaris: Causadora da Columnariose ou doença da boca de algodão ou da cauda comida, como é popularmente conhecida, esta bactéria coabita os sistemas aquáticos,normalmente em equilíbrio, até ao momento em que, ou por má nutrição, ou por má qualidade da água ou mau manuseio, ela se manifesta instalando-se em lesões causadas por ferimentos ou por parasitas. Lesões nas brânquias, causadas por parasitas ou por turbidez mineral da água, por entrada de enxurrada nos tanques, são causa desta doença. A transmissão ocorre de peixe...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Piscicultura
  • Piscicultura
  • Piscicultura
  • Piscicultura
  • piscicultura
  • Piscicultura
  • Piscicultura
  • Piscicultura

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!