Pimenta, s. g; lima, m. s. estágio e docência. 4. ed. são paulo: cortez, 2009 (coleção docência em formação. serie saberes pedagógicos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (875 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Aula II: O Estágio como campo de conhecimento


PIMENTA, S. G; LIMA, M. S. Estágio e Docência. 4. ed. São Paulo: Cortez, 2009 (Coleção docência em formação. Serie saberes pedagógicosESTÁGIO: diferentes concepções
■ O Estágio identificado como parte prática dos cursos de formação de profissionais: contraposição à teoria;
■ Os cursos de formação de professores não temfundamentado teoricamente a atuação do futuro profissional nem toma a prática como referência para fundamentação teórica (carece de teoria e de prática);
■ As disciplinas do currículo assumem quase quetotal autonomia em ralação ao campo de atuação dos profissionais e, especialmente, ao significado social, cultural, humano, da atuação profissional:
→ O que significa ser profissional?
→ Queprofissional se quer formar?
→Qual a contribuição da área na construção da sociedade humana, de suas relações e de suas estruturas de poder e de dominação?
→ Quais os nexos com o conhecimento produzido eem produção?
■ Essa contraposição entre teoria e prática não é meramente semântica, pois se traduz em espaços desiguais de poder e estrutura curricular, atribuindo-se menor importância à cargahorária ao Estágio;
■ Necessidade de superação entre teoria e prática;
■ Práxis: possibilidade de superação entre teoria e prática → aponta para o desenvolvimento do Estágio como uma atitudeinvestigativa, que envolve a reflexão e a intervenção na vida da escola, dos alunos, dos professores e da sociedade;

1. A prática como imitação de modelos

■ Aprender a profissão a partir daimitação → observação, imitação, reprodução e, as vezes, reelaboração de modelos existentes na prática consagrados como bons;
■ Em que pese a importância dessa forma de aprender ela não ésuficiente e apresenta alguns limites:
→ Nem sempre o aluno dispõe de elementos para ponderação crítica e apenas tenta transpor os modelos em situações para as quais não são adequados.
■ Bom...
tracking img