Piaget

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 19 (4631 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS

PIAGET: VIDA, OBRA E CONTRIBUIÇÕES PARA EDUCAÇÃO

Marco Aurélio Kaulfuss

Trabalho entregue como requisito parcial de avaliação da disciplina Desenvolvimento e Aprendizagem ministrada pelo Prof.Dr. Sérgio Antônio da Silva Leite

CAMPINAS JUNHO/2011

1 INTRODUÇÃO

Piaget, dada a importância de sua obra, é, ainda hoje, uma referência imprescindívelpara qualquer pessoa que estude psicologia do desenvolvimento, psicologia da aprendizagem ou psicologia escolar, dentre outras disciplinas que busquem entender a gênese do conhecimento. O presente trabalho propõe-se a realizar uma explanação geral sobre Piaget e sua obra. Não há a pretensão de originalidade, mas busca-se, num levantamento exploratório, resgatar alguns aspectos relevantes de suaobra. A estruturação deste levantamento será caracterizada pela apresentação dos dados biográficos de Piaget na sequência imediata, seguidos por um apanhado dos principais conceitos de sua teoria, a demonstração das fases de desenvolvimento, o apontamento de contribuições para a educação e as considerações finais.

2 DADOS BIOGRÁFICOS

O entendimento da teoria piagetiana está bastante vinculadoao conhecimento de aspectos biográficos do autor. Seu perfil como pensador e pesquisador se relaciona intimamente com a sua história de vida e em especial a influência do pai, que favoreceu o desenvolvimento de características de análise e sistematização determinantes da sua elaboração teórica. Segundo Coll e Gillièron (1987), Piaget nasceu em Neuchâtel, na Suíça, em uma família culta e abastada,demonstrando desde cedo interesse por fósseis e moluscos, o que o levou a trabalhar como ajudante do diretor do Museu de História Natural de Neuchâtel na infância. Segundo Pulaski (1980), o diretor, especialista em moluscos, deu ao menino a tarefa de rotular sua vasta coleção de conchas. O interesse de Piaget pela ciência, especialmente a mecânica, pássaros, fósseis e conchas do mar antecedia aeste trabalho e decorria da atmosfera doméstica que o levou a tornar-se cedo um menino sério. No contexto familiar havia de um lado, o pai, estudioso de história medieval, dotado, segundo o próprio Piaget, de uma mente meticulosa e crítica, que transmitiu ao filho o hábito do raciocínio sistemático e, do outro lado, a mãe, devota religiosa, dotada de um temperamento neurótico, que tornava o convíviofamiliar problemático (PULASKI, 1980). O interesse especial pela biologia parece destacar-se desde cedo. Aos 11 anos publica seu primeiro trabalho científico, consistindo num artigo sobre um pardal parcialmente albino que observara em um parque. Entre os 11 e os 18 publica uma série de trabalhos em revistas especializadas, na sua maioria relacionados à distribuição geográfica de moluscoslacustres. O interesse pela malacologia, decorrente do trabalho com o diretor do Museu de História Natural de Neuchâtel, foi sua primeira área de interesse científico mais consistente, sendo que seu doutorado, em 1918, foi obtido com uma tese nesta área (PULASKI, 1980, COLL e GILLIERÓN, 1987). Coll e Gillierón (1987) enfatizam que a precoce formação científica de

Piaget acabou por gerar conflitos naadolescência. Seu pensamento caracterizado pelo rigor científico contrasta com a debilidade dos argumentos religiosos. Enfrenta, num primeiro momento, dificuldade para conciliar a sua visão de cientista naturalista com os princípios religiosos, o que acaba por conduzi-lo à filosofia. Especialmente no seu contato com Bergson vislumbra a possibilidade de um acordo entre a fé religiosa e o rigornecessário da razão através da leitura de A evolução criadora. Na identificação de Deus com a vida e na consideração de que a biologia é a ciência da vida, percebe-a como a ciência potencialmente capaz de explicar todas as coisas. No primeiro momento Piaget vê a biologia como capaz de explicar a vida e as questões da fé e do espírito, numa proposta filosófica, já que não sustentada por uma base...
tracking img