Philippe pinel e o tratamento mais humano aos doentes mentais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1420 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Philippe Pinel e o tratamento mais humano aos doentes mentais

INTRODUÇÃO:




Na Europa, até pouco antes do fim do século XVIII, as causas da loucura eram vistas sob um modelo mítico-religioso, consideradas provenientes de forças sobrenaturais, como possessão demoníaca ou arte de bruxaria, que estavam fora de controle ao homem. Estas pessoas denominadas loucas circulavam livrementepor cidades e campos.

Com as mudanças que estavam ocorrendo no continente europeu, o desenvolvimento da burguesia e a revolução industrial, o alto índice de desocupados como mendigos, ladrões e prostitutas assim como os loucos, tornaram-se incomodos à sociedade da época que buscou como forma de controle social a criação de asilos. Toda essa multiplicidade de desatinados foram confinadosnestes lugares, livre das vistas da sociedade, onde tiveram tratamentos horrendos com diversas formas de tortura. (PRANDONI&PADILHA, 2004).

Neste momento, é que a intervenção de Philippe Pinel se fez extremamente efetiva, quando este procurou dar um tratamento mais humano aos pacientes, libertando-os de seus grilhões e ouvindo pacientemente suas queixas, desmistificando a antiga concepçãode loucura. Suas observações e contribuições psiopatológicas foram todas registradas em sua maior obra, o Tratado médico-filosófico sobre a alienação mental, publicado em 1801 e republicado em 1809, o qual credita-se mudanças substanciais na assistência às doenças mentais. A fim de ilustrar tal ato, destaca-se o trecho a seguir de sua obra:

O doente mental, longe de ser um indivíduoculpado e merecedor de castigo, é uma pessoa doente, cujo estado de sofrimento merece toda a consideração dispensada à humanidade sofredora. Alguém deve restaurar a razão desse indivíduo usando métodos simples. (PINEL, apud. WADE, 1995, p.25).







PHILIPPE PINEL E A LOUCURA:




Philippe Pinel nasceu a 20 de abril de 1745, em Saint André e faleceu a 25 de outubro de 1826, emParis. Formando em Medicina pela Faculdade de Toulouse em dezembro de 1773, Pinel passa a se interessar pela psiquiatria anos mais tarde, por volta de 1780, devido a preocupação com um amigo que enlouquecera. Clinicou durantes anos até que em 1793 foi nomeado médico-chefe do Asilo de Bicêtre onde permaneceu por dois anos tratando de loucos e criminosos do sexo masculino.

Em Bicêtre, Pinel tevemaior chance de desenvolver sua metodologia, apegando-se rigorosamente à observação como base de seu trabalho. Contava também com a ajuda valiosa dos funcionários que desempenhavam um papel importante no tratamento da alienação sendo intermediários entre o médico e paciente, tanto que, a iniciativa de retirar os doentes atados às correntes partiu de Jean-Baptiste Pussin, chefe dos vigilantes doasilo, e afirma:

(...) os mais extravagantes e mais furiosos do hospício de Bicêtre eram atadosa correntes nos seus alojamentos, eles estavam continuamente agitados, noite e dia, (...); mas depois que se estabeleceu o uso da camista-de-força ou camisola, e que tais alienados obtiveram a liberdade de deambular pelos corredores, a efervecência deles se exalando através de esforçoscontínuos durante o dia, eles se agitam e se termentam sem perigo, isto que os dispõe a um estado mais calmo e mais tranquilo para a noite. (PINEL, apud. RICCIARDI, 2002).

No ano de 1795, Pinel foi então nomeado médico-chefe do Hospício de La Salpêtrière, um asilo feminino o qual encontrou as mesmas condições de trabalho que o anterior. Lá passou a aplicar os mesmos métodos que em Bicêtreobtendo os mesmos bons resultados. Seguindo esta doutrina, Pinel passa a observar longa e constantemente a conduta de seus pacientes, que manifestavam exteriormente por meio do comportamento - como na gestualidade, no modo de falar e com inequívocos disturbios físicos - as lesões ou comprometimento do intelecto e da vontade, que em nossa concepção teorica, é entendida como loucura. Dessa forma, os...
tracking img