Pf e pe

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1637 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução:

Processos físicos como a fusão e a ebulição estão presentes no cotidiano das pessoas sem serem percebidos. Colocar gelo na bebida e aquecer a água para o preparo de um alimento são exemplos de tais processos.

Ponto de fusão designa a temperatura à qual uma substância passa do estado sólido ao estado líquido nas condições normais de pressão, coexistindo ambas as fases(sólida e líquida) em equilíbrio.(1)

O ponto de fusão, a uma determinada pressão, é um valor constante, característico de uma substância pura, e por isso a sua determinação constitui um método para calcular o grau de pureza da mesma substância. Com isto, se ao determinamos o ponto de fusão de uma substância que pensamos ser pura durante a sua fusão houver alargamento da faixa detemperatura e/ou abaixamento do ponto de fusão, a substância não pode ser considerada pura. O composto estando úmido pode ocasionar uma ponte de hidrogênio com a molécula da água, como consequência o ponto de fusão se torna mais elevado do que o normal.

As forças intermoleculares causam forte influência no ponto de fusão e de ebulição. Elas são forças atrativas entre moléculas, íons ou entremoléculas e íons. Quanto maior for a interação maior serão as temperaturas de transição de fases. O fornecimento de calor provoca o desarranjo da estrutura cristalina através do rompimento das interações.

A energia reticular influência a temperatura de fusão. A energia reticular é a quantidade de energia que é liberada quando um cristal é formado a partir de suas partículas componentes nafase gasosa. Assim quando maior for a energia reticular maior é a interação sendo assim o ponto de fusão será também elevado.

O ponto de ebulição ou temperatura de ebulição é a temperatura em que uma substância passa do estado líquido ao estado gasoso. De acordo com a definição IUPAC, ponto de ebulição é a temperatura na qual a pressão de líquido iguala-se a pressão atmosférica.(2)
Noponto de ebulição, a pressão do vapor saturado de um líquido é igual à pressão ambiente (do sistema), a qual pode ser considerada a pressão atmosférica (760 mmHg), caso o sistema esteja comunicante com a atmosfera terrestre e ao nível do mar. Neste último caso, deve-se levar em conta que o ponto de ebulição varia com a altitude, já que a pressão atmosférica varia com a mesma. As ligações químicasque juntam os átomos se "quebram", deixando os átomos muito mais livres (característica do estado gasoso).
Quanto mais baixa for a pressão do sistema, menor será o ponto de ebulição e vice-versa. O ponto de ebulição da água em condições de atmosfera padrão é de 100 °C. Vale citar, como exemplo que, a água, em pressões muito baixas, ferve à temperaturas bem inferiores à 100 °C.
Acalibração do termômetro é de extrema importância. Caso que tenha ocorrido alguma alteração na determinação faixa de fusão ou na temperatura de ebulição, o termômetro pode se encontrar desregulado. Assim é de grande importância fazer a curva de calibração anteriormente ao experimento. Normalmente o termômetro é calibrado com padrões, o mais usual é a água.

Objetivo:
Determinar, através datécnica do tubo de Thiele, os pontos de fusão e ebulição do ácido benzóico e Tolueno, respectivamente.

Calibração, através da Curva de Calibração, do termômetro usando a água em estado sólido a 0°C e em ebulição a 100°C.

Resultados e Discussão:

Ponto de Fusão (Ácido Benzóico)

Pegou-se um tubo capilar com uma das bordas selada no bico de bunsen utilizando chama oxidante ecolocou-se dentro dele os cristais de ácido benzóico para a medida do PF e o prendeu com um elástico junto ao termômetro (figura 1) Em seguida montou-se a aparelhagem completa, utilizando a técnica do tubo de Thiele para pontos de fusão segundo a figura 1.1, logo abaixo. Ligou-se então o bico de bunsen, novamente em chama oxidante e iniciou-se o procedimento. Com a observação do ácido em forma de...
tracking img