Petroleo em aguas profundas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 76 (18791 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
BRAUDEL PAPERS

Documento do Instituto Fernand Braudel de Economia Mundial Associado à Fundação Armando Alvares Penteado

N. 46 - 2011 - www.braudel.org.br

As descobertas no mar mudarão o curso do desenvolvimento brasileiro?

Petróleo em águAs ProfundAs
norman gall
“Bilhete premiado” • A ascensão da Petrobras Abaixo do sal • riscos e promessas • O desafio industrial recursos humanos • A seduçãograndiosa Como a Petrobras funciona (José sérgio gabrielli)

Es o p te B atr rau o W cín del atc io Pa h I do pe ns Re rs titu ve te te. nu m e

BRAUDEL PAPERS
N. 46 - 2011

sumárIo
Instituto Fernand Braudel de Economia Mundial

Associado à Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP) Rua Ceará, 2 – 01243-010 São Paulo, SP Tel.: 11 3824-9633 e-mail: ifbe@braudel.org.br

3 1. “Bilhete premiado” 6 2. Aascensão da Petrobras 12 3. Abaixo do sal 17 4. Riscos e promessas 22 5. O desafio industrial 25 6. Recursos humanos 27 7. A sedução grandiosa 30 Como a Petrobras funciona
Abaixo respostas do presidente da Petrobras a algumas das questões levantadas no seminário sobre o desenvolvimento do pré-sal, no dia 16 de agosto de 2011, organizado pelo jornal O Estado de São Paulo e o Instituto FernandBraudel de Economia Mundial.

www.braudel.org.br

Conselho Diretor: Presidente: Antônio Carlos Pereira Vice-presidente: Eduardo José Bernin Membros: Antonio Carlos Barbosa de Oliveira, Beno Suchodolski, Bianca Rinzler, Cesar Hirata, Charles B. Neilson, Claudia Maria Costin, Fernão Carlos Botelho Bracher, Gilberto Natalini, Idel Metzger, Janet Ortega, Joaquim Elói Cirne de Toledo, José Luiz Pereira daCosta Dias, Joseana Requejo do Amaral Marcicano, Lourival Sant’Anna, Luiz Alberto Machado, Mailson da Nóbrega, Maria Helena Guimarães de Castro, Maridite Oliveira e Paulo Tenani. Coordenador: Nilson Vieira Oliveira Administradora: Margarida Osório Guimarães Patrocinadores: Armínio Fraga Neto | BASF | BM&FBOVESPA Bradesco | Fundação Itaú Social | Fundação Odebrecht Futurebrand | Instituto Natura |Instituto Unibanco Itaú | Klabin | O Estado de S. Paulo | Unilever Worldfund
Braudel Papers é publicado pelo Instituto Fernand Braudel de Economia Mundial

Diretor executivo:: Norman Gall

ISSN: 1981-6502 Editor: Norman Gall Sub-editor Nilson Oliveira Assistente de Pesquisa: Márcio Neres de Carvalho Designer: Givanilson L. Góes

Copyright 2011 Instituto Fernand Braudel de Economia Mundial

EsteBraudel Papers tem o patrocínio do Revenue Watch Institute.

As descobertas no mar mudarão o curso do desenvolvimento brasileiro?

Petróleo em águas profundas
Norman Gall
Ricardo Stuckert/Presidência da República

Comemoração na bolsa de valores - setembro 2010

1. “Bilhete premiado”
Após a descoberta pela Petrobras de gigantescas reservas de petróleo e de gás em águas profundas na Bacia de Santos,o presidente Luiz Inácio Lula da Silva chamou tais descobertas de “bilhete premiado.” Em setembro de 2010, finalizando o processo de capitalização de US$70 bilhões para financiar o programa de investimento de US$ 224 bilhões anunciado pela Petrobras, Lula e um grupo de altos funcionários subiram ao púlpito da BM&FBovespa, posando para fotos ao estilo das equipes vitoriosas de futebol, debaixo deuma chuva de papel picado, trajando casacos com o emblema da Petrobras. “Não foi em Frankfurt, não foi em Londres, não foi em Nova York,” proclamou Lula. “Foi em São Paulo, na nossa Bovespa verde-amarela, que consagramos o maior processo de capitalização na história do capitalismo mundial.” Anúncios em cascata se seguiram às descobertas a partir do momento em que a Petrobras e seus parceirosprivados, British Gas (BG), Repsol da Espanha e GALP de Portugal, começaram a informar, em 2006, que tinham encontrado um conjunto de campos gigantescos a 300 quilômetros da costa, a cerca de 7.000 metros debaixo da superfície do oceano, presos nos poros de jazidas de carbonato sob camadas de sal com mais de 2.000 metros de espessura. Quando, no final de 2010, foi declarada apta para a exploração...
tracking img