Peti (usp)

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 21 (5206 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Planejamento estratégico Para ti na UsP

Gil da Costa Marques Tereza Cristina M. B. Carvalho (organizadores)

Planejamento estratégico Para ti na UsP

Organizadores: Gil da Costa Marques e Tereza Cristina M. B. Carvalho Revisão: Marina Keiko Tokumaru Diagramação: Juliana M. Giordano Capa: Celso Roberto Lourenço Secretaria: Edilene Silva Meneguelli Impressão: Rettec, artes gráficasFicha catalográfica elaborada pelo Departamento Técnico do Sistema Integrado de Bibliotecas da USP Planejamento Estratégico para TI na USP / Gil da Costa Marques e Tereza Cristina M. B. Carvalho (organizadores). -- São Paulo : Editora da Universidade de São Paulo : Editora Livraria da Física, 2007. 308 p ; 24 cm. ISBN: 978-85-88325-95-1 1. Planejamento estratégico. 2. Metodologia. I. Marques, Gil daCosta. II. Carvalho, Tereza Cristina M. B. COD 658.4015

Depósito Legal na Biblioteca Nacional, conforme Decreto Nº 10.944, de 14 de dezembro de 2004.

EDITORA LIVRARIA DA FÍSICA Telefone: 11- 3963-3413 E-mail: livrariadafisica@uol.com.br Página na Internet: www.livrariadafisica.com.br

aPresentação
A Tecnologia de Informação torna-se a cada dia mais essencial e vital em quase todos ossetores da sociedade moderna. Em particular, as novas tecnologias da informação e da comunicação desempenham um papel fundamental no segmento universitário, na medida em que se tornam elementos facilitadores e habilitadores das atividades-meio e atividades-fim da universidade: o ensino, a pesquisa, a cultura e a extensão de serviços à sociedade. Desde o lançamento, nos anos 60, de grandescomputadores para o processamento de dados, as necessidades e alternativas de investimento em Tecnologia de Informação têm crescido ano a ano. Assim, o grande desafio que se apresenta para a USP, e para outras universidades, é como investir em novas tecnologias visando ao maior retorno possível. O aspecto do retorno, no caso de uma universidade pública, leva em conta o seu compromisso de melhor atender àsexpectativas da sociedade e o seu posicionamento perante as suas congêneres nacionais e internacionais. A incorporação de novas tecnologias requer, de uma forma ou de outra, algum tipo de planejamento. Torna-se, assim, vital a elaboração de um Plano Estratégico específico para a Tecnologia da Informação. Tendo em vista essa necessidade, o Conselho da CTI (Coordenadoria de Tecnologia da Informação)decidiu elaborar um plano estratégico para TI na USP, o que foi feito em parceria com os Centros de Informática da USP, o Departamento de Informática da Reitoria e algumas Unidades de ensino e pesquisa da USP. Nesse planejamento foi essencial a participação, como mola propulsora, do CCE (Centro de Computação Eletrônica). Esse Plano Estratégico para a Tecnologia de Informação foi elaborado nodecorrer do ano de 2006 e levou em conta onze áreas distintas, sendo que para cada uma delas foi criado um grupo assessor, incorporando pesquisadores e técnicos envolvidos nessas áreas. Para a elaboração desse plano estratégico foi adotada a metodologia apresentada na seção inicial do livro, que, por sua vez, se baseou na metodologia proposta por Hax da Sloan School of Management do MIT e Majluf daUniversidade Católica do Chile, a qual parte da premissa de que a Universidade tem uma missão e de que ela deve ter uma visão sobre qual deve ser sua evolução e crescimento. Para cada uma das onze áreas da Tecnologia de Informação consideradas foi desenvolvido um plano estratégico, a saber: Telefonia - plano de evolução da rede interna de telefonia da USP, discutindo-se a sua interconexão com as redesde operadoras de telecomunicações; a manutenção de inventário atualizado dos equipamentos existentes; realização continuada de auditoria sobre contratos feitos com empresas externas e prestação de serviços, atendendo a padrões de excelência e garantindose o uso racional dos recursos existentes (Capítulo 1); Rede de Dados – plano de evolução da rede de dados da USP, considerando tanto o backbone...
tracking img