Petição reconvenção

EXCELENTISSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA 1ª VARA DA FAMILIA E SUCESSÕES DO FÓRUM REGIONAL DE PINHEIROS – SP.











CARLOS, (qualificações), (endereço completo com CEP),vem respeitosamente a presença de V.exa, através de sua advogada e procuradora que a esta subscreve instrumento de mandato incluso, que lhe foi outorgado, com fundamento nos arts 315 a 318, do Códigode Processo Civil, propor a presente:


RECONVENÇÃO A AÇÃO DE SEPARAÇÃO JUDICIAL



Em face de FABIANA (qualificações), (endereço completo com CEP), pelos fatos e fundamentos a seguir expostos:I – DOS FATOS:


A reconvinda e o reconvinte são casados a 15 anos, no regime de comunhão universal de bens, não possuindo no entretanto filhos, Foi ajuizado pela reconvinda ação deseparação judicial, utilizando-se de argumentos de que o reconvinte faltou com o respeito necessário na presença de outras pessoas, chamando sua atenção, por entender que o jantar oferecido ao casal deamigos, João e Odete, não estava a contento.


Ocorre, entretanto, que em oposição à alegação do reconvinda, o reconvinte esclarece que em nenhum momento praticou qualquer ato que pudessedesrespeitar a reconvinda, muito menos na frente de terceiros, como relata a reconvinda.

O reconvinte contestou a ação, que apresentará com a presente, e ainda alega que há 06 anos, areconvinda descumpre o dever de coabitação, encontrando-se desta forma em débito conjugal, e mesmo sem ser verdadeiros os fatos alegados pela reconvinda, a mesma simplesmente abandonou o lar.


II – DOSFUNDAMENTOS JURIDICOS:


Ressalta-se que a ação proposta pelo reconvinte é conexa com a ação pleiteada pela reconvinda, com base no art 315, CPC, a saber: “O réu pode reconvir ao autor no mesmoprocesso, toda vez que a reconvenção seja conexa com a ação principal ou com o fundamento da defesa”.

Tendo em vista o exposto acima, com base no art 1572 e 1573, IV, CC, O reconvinte requer...
tracking img