Petição inicial

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2031 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA .... ª VARA CÍVEL DA COMARCA DE VÁRZEA GRANDE-MT.

ALÉCIO FULANO DE TAL, brasileiro, solteiro, gerente de produção na empresa FCT maquinas, situada na av. Beira Rio, nº 425, Cuiabá-MT, portador da cédula de identidade RG nº 18883-25 SSP/MT, inscrito no CPF sob o n.º 052.896.125-05, residente e domiciliado na Rua Santos Dumont, nº 789, BairroCosta verde, CEP: 78110-160, na Cidade de várzea Grande- MT, por seu advogado que a esta subscreve (procuração anexa), vem respeitosamente à presença de Vossa Excelência propor a AÇÃO DE REPARAÇÃO DE DANOS CAUSADOS EM ACIDENTE DE TRÂNSITO, com procedimento previsto no artigo 275, II, d, fulcrado nos artigos 186, 927 caput, ambos do Código Civil, em face de RONALDO CARNEIRO, brasileiro, casado,médico, portador da cédula de identidade RG nº. 15.986.325 SSP/PR, inscrito no CPF sob o nº. 030.658.984-05, residente e domiciliado na Rua Tereza Cristina, nº. 569, Código de Endereçamento Postal nº. 14.659.456, na cidade de Várzea Grande, Estado de Mato Grosso.

DOS FATOS

RONALDO CARNEIRO, com 32 anos de idade, atropelou ALÉCIO FULANO DE TAL, de 30 anos de idade, no dia 11 de setembro de 2011 às16:50, que transitava com sua motocicleta, pela Avenida Arthur Bernardes, próximo ao Aeroporto internacional Marechal Rondon em Várzea Grande. (B.O.anexo).
ALÉCIO FULANO DE TAL seguia em sua via pública preferencial quando foi surpreendido por um veículo marca Opala, prefixo HN401, placa KGB3250 Várzea Grande-MT, cruzando a avenida e atingindo do lado esquerdo.
O sinistro ocorreu porque oveículo Opala, dirigido pelo motorista RONALDO, invadiu a pista contrária por onde deslocava o autor, com a finalidade de efetuar a conversão à esquerda, em via de dois sentidos, com duas pistas de rolagem cada uma. É de ressaltar ainda que a visibilidade era ótima para o momento.
Com a colisão, o autor foi jogado ao chão, vindo a sofrer lesões corporais graves, inclusive No polegar esquerdo, ficandodebilitado permanentemente. Teve um dente quebrado e Ainda, sofreu escoriações, luxações, hematomas e teve várias fraturas do lado esquerdo do corpo que obrigaram a realização de diversas intervenções cirúrgicas para sua reconstituição, as quais podem ser comprovadas pelos prontuários ora juntados.
Ferido, foi levado ao Pronto Socorro de Várzea Grande, para receber os primeiros socorros, sendolevado logo após para unidade particular.
Em função disso, o requerente ficou impossibilitado de exercer sua profissão, ficando dois meses de licença médica, devido à fratura sofrida decorrente do acidente (exames em anexo).

Sabedor o requerido que agiu com imprudência ao provocar o acidente, poderia prever o acontecido. Conforme testemunhas que serão arroladas no momento oportuno, no dia eleconcordou que estava errado e se dispôs a arcar com as despesas do dano causado.

Porém, o requerido assumiu apenas os danos ocorridos em sua motocicleta, não tendo procurado o autor para prestar outras assistências necessárias em razão dos ferimentos. O autor lhe enviou uma notificação extrajudicial (doc. anexo) para lhe dar conhecimento de que entraria com a ação caso o mesmo não seprontificasse a cumprir com sua obrigação, mesmo assim o requerido permaneceu inerte.

Permaneceu internado por 2 (dois) meses de licença médica para sua convalescença, a renda aferida decorrente de seu trabalho como gerente de produção é de R$ 2.000,00 ( dois mil reais), considerando que não tinha plano de saúde, as despesas hospitalares atingiram as cifras de R$ 20,000.00 (vinte mil reais),incluindo as seções de fisioterapia.

Além das terríveis dores sentidas em parte do corpo, decorrente da colisão, o autor ficou com sequelas em seu dedo esquerdo, ficando visivelmente torto, sua vida acadêmica, como estudante de direito ficou interrompida, não podendo por conta de sua invalides, pagar as mensalidades nas datas avençadas, gerando juros pelo atraso.

DO DIREITO

1- O PRIMEIRO...
tracking img