Pestalozzi para educacao

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1318 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
PESTALOZZI PARA EDUCAÇÃO


Izabele Barros
Rafael de Azevedo Melo
Centro Universitário Leonardo da Vinci - UNIASSELVI
Licenciatura em Matemática (MAD 0084) – Prática do Módulo I
08/07/2011


RESUMO

A vida de Pestalozzi foi um exemplo fantástico de amor e devoção á educação, entre fracassos sucessivos e uma persistência gloriosa em sua missão. Petalozzi foi um pensador pai da ação, eleincorporou o afeto á sala de aula. Para o educador suíço, os sentimentos tinham o poder de despertar o processo de aprendizagem autônoma na criança, afirmava que a função principal do ensino é levar as crianças a desenvolver suas habilidades naturais e inatas. Era claramente influenciado pelas idéias de Rousseou que acreditava na educação com o desenvolvimento total do individuo, onde suapotencialidade se encontra na criança “A escola deve ser a continuação do lar, é no lar que se encontra o fundamento de toda cultura verdadeiramente humana e social” a concluir o educador Pestalozzi.


Palavras-chave: Pestalozzi. Educador. Escolas.


1 INTRODUÇÃO

Inicialmente irá se aborda a vida e a história de Johann HeinrichPestalozzi, como se deu início a sua história, seus pensamentos e seus feitos, assim mostrando à prática dos seus pensamentos, mostrando-se como se dirigia às instituições de amparo a criança e a educação de jovens enfrentando desde a falta de apoio público, até mesmo a guerra napoleônica para fazer evoluir sua proposta, hoje amplamente reconhecida.

Na sequência iremos mostra a pedagogia de Pestalozzionde nasceu, portanto suas experiências a construção do conhecimento para esse pensador assim dá-se em um processo reflexivo que parte da vivência e da experimentação onde suas teorias tornaram-se experiências.

Mostraremos como expressou suas idéias nos seus livros, assim retratando a educação que deu as crianças e jovens de sua época.

2 DESENVOLVIMENTO

Seu nome é Johanm HeinrichPestalozzi,nasceu na Suíça, aos 12 de janeiro de 1746, seu pai era Johanm Baptist,era cirurgião, descendente de italianos.Assim no ano de 1751 ele perdeu o pai e sua mãe teve de sustenta os filhos em meio a miutas dificuldades econômicas beirando a miséria.

De 1751 a 1763 Pestalozzi estudou filosofia e linguística no colégio Carolinium, assim passou a ser membro da Sociedade Helvética, criticando asituação política do país e propondo reformas.

Casou-se aos 23 anos com Anna Schullhess, do casamento teve um filho Hans Jakob, nascido em 1770 o nome é uma tradução de Jean Jaques uma homenagem a Rosseau. Por conta da leitura das obras de Rousseau toma aulas de agricultura e junto com a esposa instala no ano de 1774, a fazenda Neuhof (Nova), dando início a um instituto para crianças pobres,numa proposta que unia educação e trabalho.

Para Pestalozzi “A verdade pura, haurida do íntimo do nosso ser, é a mesma verdade de todos os homens. Ela será a verdade unificadora dos que lutam” (PESTALOZZI, p. 83,).

Pestalozzi tinha em mente melhorar as terras por meio de novos métodos de uma cultura em viver uma vida de acordo com as idéias naturalistas dominantes. Entretanto, tranformou afazenda num instituto filantrópico para crianças abandonadas, onde elas trabalhavam na producao da fazenda e em outras ocupações. Sua falta de habilidade na administração do negócio e ao mesmo tempo da escola profissional levou a falência. Nesta época escreveu (The evening hours of a hermit-1780), contendo uma coleção de pensamentos e reflexões.

A este livro seguiu-se sua obra prima: Leonardo eGertrudes (“Leonard und Gertrud”-1781), um conto onde narra à reforma gradual feita numa casa, depois numa aldeia, frutos dos esforços de uma mulher boa e dedicada.

Por suas criticas sociais e luta constante em beneficio da população recebe no ano de 1792 o título de cidadão honorário da França, dado pelo governo revolucionário. Seis anos depois acontece a revolução Suíça e ele torna-se redator...
tracking img