Pesquisas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (976 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
A POESIA TROVADORESCA
Na Provença, o poeta era chamado de troubadour,
cuja forma correspondente em Português é
trovador, da qual deriva trovadorismo (que serve de
rótulo geral dessa primeiraépoca medieval), trovadoresco,
trovadorescamente. O poeta deveria ser
capaz de compor, achar os versos e a melodia para
sua cantiga. Eram poemas cantados e acompanhados
por instrumentos musicais e àsvezes danças.
A poesia trovadoresca classifica-se em: lírico -amorosa
e satírica. A primeira divide-se em cantiga
de amor e cantiga de amigo; a segunda, em cantiga
de escárnio e cantiga demaldizer. O idioma empregado
era o galego-português, em virtude da então
unidade lingüística entre Portugal e a Galiza.

CANTIGAS DE AMOR
Poesia lírica onde o trovador, de acordo com a
“arte detrovar” confessa seu amor por uma dama
inacessível aos seus apelos, entre outras razões por
ser de classe social mais elevada, geralmente nobre,
enquanto ele era, quando muito, um fidalgodecaído. O poema é um lamento suplicante, os apelos
do trovador “colocam-se alto, num plano de espiritualidade,
de idealidade ou contemplação platônica”.
Trata-se de um fingimento poético, de acordo
comas regras de conveniência social e da moda
literária vinda da Provença. Retratam um sofrimento
interior (coita de amor).
Geralmente é o próprio trovador quem confessa
seus sentimentos, dirigindo-seem vassalagem e
subserviência à dama (mia senhor ou minha senhora),
e rendendo-lhe o culto que o "serviço amoroso"
lhe impunha: as regras do "amor cortês", recebidas
da Provença: o trovador teriade mencionar comedidamente
o seu sentimento (mesura), a fim de não
incorrer no desagrado (sanha) da bem-amada; teria
de ocultar o nome dela ou recorrer a um pseudônimo,
e prestar-lhe umavassalagem que apresentava
quatro fases: a primeira correspondia à condição de
fenhedor, de quem se consome em suspiros; a segunda
é a de precador, de quem ousa declarar-se e
pedir; entendedor é o...
tracking img