Pesquisar

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 26 (6353 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
LÍNGUA PORTUGUESA
|AULA I e II | |
|Profa. Jacqueline Andrade |
|ATO COMUNICATIVO |


COMUNICAÇÃO E PROCESSO DE COMUNICAÇÃO

A palavra "comunicação" seorigina do latim, "communis", "communicare", que significa "comum", "pôr em comum". Portanto, a essência da palavra está associada à ideia de convivência, de comunidade, de relação de grupo, de sociedade.
A necessidade de se comunicar é intrínseca ao homem, que vive em permanente interação com a realidade que o cerca e com os outros seres humanos, dividindo sua visão de mundo e trocando experiênciaspor meio de um sistema organizado por sinais: a linguagem.
Para se estabelecer comunicação, tem de ocorrer um conjunto de elementos constituídos por: um emissor (ou destinador), que produz e emite uma determinada mensagem, dirigida a um receptor (ou destinatário). Mas para que a comunicação se processe efetivamente entre estes dois elementos, deve a mensagem ser realmente recebida e decodificadapelo receptor, por isso é necessário que ambos estejam dentro do mesmo contexto (devem ambos conhecer os referentes situacionais), devem utilizar um mesmo código (conjunto estruturado de signos) e estabelecerem um efetivo contato através de um canal de comunicação. Se qualquer um destes elementos ou fatores falhar, ocorre uma situação de ruído na comunicação, entendido como todo o fenômeno queperturba de alguma forma a transmissão da mensagem e a sua perfeita recepção ou decodificação por parte do receptor.

[pic]


ATIVIDADE

( Leia o TEXTO abaixo e analise o que gerou ruído na comunicação


NÃO FOMOS APRESENTADOS

Algumas semanas antes do “impeachment”de Collor, 92, o vereador João Pedro ( PC do B) subiu à tribuna da Câmara Municipal de Manaus paraatacar o então presidente.
Exaltado, João Pedro defendia a renúncia imediata de Collor ou sua cassação pelo Congresso Nacional.
No meio do discurso, a vereadora Lurdes Lopes ( PFL) pediu um aparte ao colega e foi logo dizendo:
- Nobre vereador, o presidente Fernando Collor de Mello não disse nada disso. “Disconcordo” totalmente do senhor.
- João Pedro não perdoou o erroda parlamentar:
- Vereadora, a senhora está agredindo o Aurélio.
Sem perceber que o parlamentar se referia ao dicionário Aurélio, Lurdes passou a berrar, muito contrariada, provocando gargalhadas:
- O senhor está fazendo uma acusação totalmente infundada! Jamais falei mal do Aurélio. Aliás não conheço ninguém com esse nome!!


( Folha de S. Paulo, 11 jan. 2000.p.1-4)Atividade 2

Agora, você deverá ir à busca de um outro texto que apresente uma situação em que ocorreu ruído na comunicação. O texto poderá ser uma tirinha em quadrinho ou mesmo uma piada.






















|LÍNGUA PORTUGUESA |AULA III e IV |
|Profa. JacquelineAndrade |
|FUNÇÕES DA LINGUAGEM |

2. FUNÇÕES DA LINGUAGEM E INTENÇÃO COMUNICATIVA

Você sabia que todo ato comunicativo tem sempre uma determinada intencionalidade?Afinal de contas, todos nós, quando falamos (ou escrevemos), queremos ser ouvidos, atendidos...não é? Essa intencionalidade pode ser mais ou menos consciente. São essas diferentes intenções que temos em mente, quando falamos em funções da linguagem.

|Função informativa (ou |O objetivo primeiro do ato de fala (a intenção do emissor) é transmitir informação sobre algum aspecto da |...
tracking img