Pesquisar e responder como viabilizar o planejamento de negócios com o planejamento de tecnologia da informação

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1248 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INSTITUTO CUIABÁ DE ENSINO E CULTURA
COORDENAÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS


Vilma Rosa de Oliveira Pontes










Matéria: ANALISE DAS DEMONST CONTABEIS, MATEMATICA FINANCEIRA.





TEMA: ALTERAÇÕES DA LEI das S/A´s 6.404/76 – PELA LEI 11638/07





CUIABÁ2012








VILMA ROSA DE OLIVEIRA PONTES

TEMA: ALTERAÇÕES DA LEI das S/A´s 6.404/76 – PELA LEI 11638/07






Curso de administração do Instituto Cuiabá de Ensino e Cultura,
sobre orientação da prof. Marcelo Souza





Cuiabá
2011







Sumário


1.1 As sociedades

1.2 O ativopermanente

1.3 O Patrimônio Líquido

1.4 A Avaliação de Investimento

1.5 às sociedades de grande porte























Cuiabá
2012






Introdução.

Lei nº 11.638, de 28 de dezembro de 2007 Altera e revoga dispositivos da Lei nº 6.404, de 15 de dezembro de 1976, e da Lei nº 6.385, de 7 de dezembro de 1976, e estende às sociedades de grande portedisposições relativas à elaboração e divulgação de demonstrações financeiras
A aprovação desta lei é de fundamental importância para o ingresso do
Brasil no ambiente contábil globalizado, exigindo dos.
Profissionais da área atualização e relação às novas normas.POR WALCIR GONÇALVES DE LIMA

Após vários anos tramitando no Congresso Nacional, o presidente da República sancionou, em 28 de dezembro de 2007, a Lei nº 11.638/07, que altera e revoga dispositivos da Lei nº 6.404 de 15 de dezembro de 1976, e da Lei nº 6.385, de 7 de dezembro de 1976, estendendo às sociedades de grande porte disposições relativas àelaboração e divulgação de demonstrações financeiras. A aprovação desta lei é de fundamental importância para o ingresso do Brasil no ambiente contábil globalizado, exigindo dos profissionais da área atualização em relação às novas normas. Destacamos as principais alterações introduzidas pela Lei nº 11.638/07, que começou a vigorar a partir de 1º de janeiro de 2008.
1.1 As sociedades por ações estãodesobrigadas de elaborar a DOAR POR WALCIR GONÇALVES DE LIMA(Demonstração das Origens e Aplicações de Recursos), sendo substituída pela DFC (Demonstração de Fluxo de Caixa). Estabelece ainda o § 6º que a companhia fechada com Patrimônio Líquido inferior a 2 milhões na data do balanço não será obrigada a elaborar e publicar a DFC. Já as companhias abertas deverão elaborar a Demonstração do ValorAdicionado, sendo que este demonstrativo indicará, no mínimo, o valor da riqueza gerada pela companhia, a sua distribuição entre os elementos que contribuíram para a geração dessa riqueza, tais como empregados, financiadores, acionistas, governo e outros, bem como a parcela da riqueza não-distribuída. Ressalta-se que o artigo 7º da Lei nº 11.638/07, dispõe que a DFC e DVA referentes ao ano de 2008poderão ser divulgadas sem a indicação dos valores correspondentes ao exercício anterior, já que, até2007, tais demonstrativos não eram obrigatórios.
1.2 O ativo permanente passa a ser dividido em Investimento, Imobilizado, Intangível e Diferido. De acordo com a Lei nº 11.638/07, o Imobilizado englobará os direitos que tenham por objeto bens corpóreos destinados à manutenção das atividades dacompanhia ou da empresa ou exercidos com essa finalidade, inclusive os decorrentes de operações que transfiram à companhia os benefícios, riscos e controle desses bens. No Intangível, que é uma importante novidade no balanço patrimonial, serão avaliados pelo custo incorrido na aquisição deduzido do saldo da respectiva conta de amortização. Devem ser classificados neste grupo os direitos que tenham...
tracking img