Pesquisa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3753 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Tendências pedagógicas

Introdução
Em primeiro lugar, precisamos entender o que é uma tendência. Tudo
parte de uma simples ideia, ideia esta tida por um indivíduo que resolve
dividi-la com outro que a assimila. Por sua vez, este continua a compartilhar
essa ideia com outros, criando, assim, uma corrente de pensamento que ao
se consolidar vira uma moda, uma tendência.
Esse fenômeno quevemos ocorrer no mundo das roupas que usamos,
das palavras e bordões usados na língua, também ocorre em meio às práticas pedagógicas na escola.
Sabe-se que a prática escolar está sujeita a uma pluralidade de ideias e
concepções pedagógicas que são no fundo condicionantes de ordem sociopolítica e que implicam diferentes concepções de homem e de sociedade e,
consequentemente, diferentespressupostos sobre o papel da escola e da
aprendizagem, entre outras coisas. A soma desses condicionantes e objetivos a serem alcançados (diferentes homens em diferentes épocas) gera os
modismos pedagógicos, as tendências pedagógicas.
Hoje a classificação mais cobrada em sede de concurso público é a do
ilustre professor José Carlos Libâneo, que se coaduna com a de Cipriano
Carlos Luckesi, que a tipificaem dois grupos: liberais e progressistas.
As tendências liberais de natureza acrítica abarcam as pedagogias tradicionais, renovadas e tecnicistas. Destarte que as renovadas classificam-se em
dois grupos distintos: progressivas e não diretivas.
As tendências progressistas são aquelas de natureza crítica, sendo divididas em libertadora, libertária e crítica-social dos conteúdos (também conhecidacomo histórico-crítica).
Hodiernamente levando em conta os novos avanços no campo da Psicologia da Aprendizagem (Piaget e Wallon), bem como a revalorização das

Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A.,
mais informações www.iesde.com.br

91

Tendências pedagógicas

ideias de psicólogos interacionistas, como Vygotsky, Luria, Bakhtin e a autonomia da escola naconstrução de sua Proposta Pedagógica, a partir da LDB,
a corrente mais presente nas práticas das boas escolas são as que permitem
a participação dos educandos, da comunidade local e escolar na construção
do conhecimento.
Estas exigem uma atualização constante do professor, mas é através do
conhecimento de todas essas tendências pedagógicas, dos seus pressupostos de aprendizagem e de suascaracterísticas que o professor terá condições
de avaliar os fundamentos teóricos empregados na sua prática em sala de
aula.

Tendências pedagógicas e a evolução histórica
 Século XVI e XVII – Modernismo: ensino tradicional – jesuítico.
 Século XVIII – Iluminismo: ensino tradicional, porém, leigo, com ideias
novas, ciência valorizada.
 Século XIX – Positivismo: ensino eficiente, escola =empresas.
 Século XX – Escolanovismo: aumenta o interesse pelo aluno, aprender
fazendo.
 Século XXI – Contemporaneidade: democratização do ensino, teorias
críticas, contextualização da relação escola X sociedade.

As principais tendências pedagógicas
na prática escolar brasileira e seus
pressupostos de aprendizagem
Tendência liberal (acrítica)
 Liberal tradicional
 Liberal renovadaprogressivista ou progressiva
 Liberal renovada não diretiva
 Liberal tecnicista
92

Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A.,
mais informações www.iesde.com.br

Tendências pedagógicas

Tendência progressista (crítica)
 Progressista libertadora
 Progressista libertária
 Progressista crítico-social dos conteúdos

Tendências pedagógicas liberais
Nas palavrasdo Professor Libâneo (1990), a tendência pedagógica liberal defende a tese que as escolas têm como função principal a de preparar
os indivíduos para o desempenho de funções sociais de acordo com os talentos de cada um. Isso pressupõe um certo grau de adaptabilidade e de
resignação por parte dos indivíduos. Ressalta ainda este autor que embora a
escola passe a difundir a ideia de igualdade de...
tracking img