Pesquisa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1748 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
GESTÃO DE SISTEMAS CORPORATIVOS

EXISTEM TANTAS DEFINIÇÕES PARA OUTSOURCING QUANTO EXISTEM MANEIRAS DE DESVIRTUÁ-LO. MAS, BASICAMENTE, OUTSOURCING NADA MAIS É DO QUE DELEGAR SERVIÇOS A TERCEIROS. EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, OUTSOURCING PODE INCLUIR QUALQUER COISA DESDE TERCEIRIZAR TODO O GERENCIAMENTO DE TI PARA UMA IBM OU EDS A TERCEIRIZAR UM SERVIÇO MUITO PEQUENO E FACILMENTE DEFINIDO, COMODISASTER RECOVERY OU ARMAZENAMENTO DE DADOS.

BENCHMARKING: É A BUSCA DAS MELHORES PRÁTICAS NA INDÚSTRIA QUE CONDUZEM AO DESEMPENHO SUPERIOR. É VISTO COMO UM PROCESSO POSITIVO E PRÓ-ATIVO POR MEIO DO QUAL UMA EMPRESA EXAMINA COMO OUTRA REALIZA UMA FUNÇÃO ESPECÍFICA A FIM DE MELHORAR COMO REALIZAR A MESMA OU UMA FUNÇÃO SEMELHANTE. O PROCESSO DE COMPARAÇÃO DO DESEMPENHO ENTRE DOIS OU MAIS SISTEMASÉ CHAMADO DE BENCHMARKING, E AS CARGAS USADAS SÃO CHAMADAS DE BENCHMARK.

EMPOWERMENT , OU DELEGAÇÃO DE AUTORIDADE, É UMA ABORDAGEM A PROJETOS DE TRABALHO QUE SE BASEIA NA DELEGAÇÃO DE PODERES DE DECISÃO, AUTONOMIA E PARTICIPAÇÃO DOS FUNCIONÁRIOS NA ADMINISTRAÇÃO DAS EMPRESAS. ANALISA-SE O DESENVOLVIMENTO, OU GRAU DE MATURIDADE, DO EMPOWERMENT NA ORGANIZAÇÃO AVALIANDO O ESTÁGIO EVOLUTIVO EM QUESE ENCONTRAM AS ÁREAS DE GESTÃO, AS CONFIGURAÇÕES ORGANIZACIONAIS, AS ESTRATÉGIAS COMPETITIVAS, A GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS E A QUALIDADE.
O ERP DESEMPENHOU O PAPEL DE GAROTO-PROPAGANDA PARA PROJETOS DE TI QUE FICARAM NA PROMESSA E NÃO FORAM ENTREGUES. ISSO ACONTECEU APÓS IMPLEMENTAÇÕES COMPLEXAS QUE LEVARAM ANOS PARA SEREM CONCLUÍDAS. COLABOROU AINDA A CUSTOMIZAÇÃO EM MASSA NECESSÁRIA, E EMOUTROS CASOS, A ADOÇÃO PARCIALMENTE REALIZADA. BILHÕES DE DÓLARES FORAM GASTOS APENAS PARA CONTAR COM UM ERP QUE FUNCIONASSE COMO O ESPERADO. ESSE É O BALANÇO DAS PRINCIPAIS CONSULTORIAS DO SETOR.
AGORA, O SISTEMA ESTÁ DE VOLTA. E NÃO APENAS NAS GRANDES EMPRESAS QUE PROCURAM ATUALIZAR SISTEMAS LEGADOS. DE ACORDO COM PESQUISAS DA FORRESTER RESEARCH, CERCA DE UMA EM CADA QUATRO PEQUENAS E MÉDIASEMPRESAS (PMES) QUER ATUALIZAR O ERP EXISTENTE OU IMPLEMENTAR UM NOVO NOS PRÓXIMOS 12 MESES.
MUITAS DELAS SÃO DE PEQUENO E MÉDIO PORTES QUE FICARAM ANOS USANDO OUTRAS ALTERNATIVAS PARA APOIAR O COMANDO, MAS AGORA PRECISAM ELEVAR A GESTÃO DE SEUS NEGÓCIOS, DIZ CHINA MARTENS, ANALISA DA FORRESTER RESEARCH.
“OS NEGÓCIOS ESTÃO SE TORNANDO MAIS COMPLEXOS POR MOTIVOS DIVERSOS QUE INCLUEM CRESCIMENTORÁPIDO OU OPERAÇÕES EM MAIS DE UM PAÍS, E ELES PRECISAM GARANTIR MAIS DISCIPLINA AOS PROCESSOS”, DIZ ELA. “ESTAMOS VENDO MAIS IMPLEMENTAÇÕES DE SAAS, JÁ QUE AS PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS TÊM UMA EQUIPE LIMITADA OU INEXISTENTE DE TI. ISSO TORNA UM POUCO MAIS FÁCIL PARA ELES REALIZAREM ESSE MOVIMENTO”, OBSERVA.
NA NUVEM, A MODALIDADE SOFTWARE COMO SERVIÇO (SAAS) É A DE MAIOR EXPANSÃO, SEGUNDO DADOS DAFORRESTER RESEARCH. ATÉ 2015, O INSTITUTO DE PESQUISAS ACREDITA QUE O MODELO VAI MOVIMENTAR 78,4 BILHÕES DE DÓLARES EM TODO O MUNDO, ANTE OS 21,2 BILHÕES DE DÓLARES EM 2011. CRM, GESTÃO DE CAPITAL HUMANO (HCM), SOFTWARE DE COLABORAÇÃO, PROCUREMENT E ERP SÃO AS TECNOLOGIAS QUE MAIS SERÃO ADOTADAS NA CLOUD NOS PRÓXIMOS MESES.
A FORRESTER APONTA QUE CERCA DE 9% DAS COMPANHIAS ESTÃO USANDO ALGUMA FORMADE ERP BASEADO EM SAAS, SENDO QUE DOIS TERÇOS UTILIZAM PARA COMPLEMENTAR OS SISTEMAS DE ERP ON PREMISE. NOS ANOS SEGUINTES, ACREDITA-SE QUE A PENETRAÇÃO SERÁ DUAS VEZES MAIOR, COM MAIS DE 15% DAS ORGANIZAÇÕES PLANEJANDO COMPRAR O SISTEMA NA NUVEM ATÉ 2013.
“HOJE, O ERP EXTRAPOLOU FRONTEIRAS E CONQUISTOU ÁREAS FUNCIONAIS DA ORGANIZAÇÃO, GANHOU FUNCIONALIDADES ANALÍTICAS E AINDA DE APROXIMAÇÃO COMO CONSUMIDOR A PARTIR DA INTEGRAÇÃO COM O CRM”, ARGUMENTA RICARDO NEVES, LÍDER DE CONSULTORIA EM TI DA PRICEWATERHOUSECOOPERS (PWC). PARA ELE, O BI TORNA A TECNOLOGIA MAIS PODEROSA, PORQUE CONSEGUE CAPTURAR A INFORMAÇÃO DE FORMA CONSISTENTE, E AINDA APRIMORA E AGILIZA AS TOMADAS DE DECISÃO.
SEGUNDO NEVES, NÃO FAZ MUITO TEMPO AS COMPANHIAS QUE BUSCAVAM REVISAR O ERP, OU ENTÃO IMPLEMENTÁ-LO...
tracking img