Pesquisa social resumo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (285 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
No primeiro capítulo, basicamente teórico, Maria Cecília de Souza Minayo nos coloca o embate sobre a cientificidade das ciências sociais em relação as ciências da natureza. Ainterrogação em torno da cientificidade das ciências sociais se desdobra em várias questões: o tratamento de uma realidade da qual somos agentes, a busca pela objetivação descaracteriza asubjetividade e por último, que método geral trataria de uma realidade marcada pela especificidade e pela diferenciação.

Outro aspecto das Ciências Sociais é o fato de que ela éintrínseca e extrinsecamente ideológica, pois a ciência veicula interesses e visões de mundo historicamente construído, e seu objeto é essencialmente qualitativo, na medida em que arealidade social é mais rica que qualquer teoria, pensamento e discurso que possamos elaborar sobre ela. Desta forma, a autora destaca a metodologia como o caminho do pensamento e a práticaexercida sobre a realidade, porém, nada substitui a criatividade do pesquisador.

Toda investigação se inicia por um problema, articulados a conhecimentos anteriores, denominado deteoria. Portanto a teoria é um conhecimento que nos servimos no processo de investigação com um sistema organizado de proposições, que orientam a obtenção de dados, na análise e deconceitos que veiculam seu sentido. Na utilização de um conjunto de proposições relacionados, a teoria busca uma ordem e uma tentativa de ser compreendida pelos membros de umacomunidade que seguem o mesmo caminho de reflexão e ação.

A autora também faz uma diferenciação entre a pesquisa qualitativa e a quantitativa. A primeira se preocupa com um nível derealidade que não pode ser quantificado ou reduzidos á operacionalizações de variáveis, a outra, se opõem a esta na utilização dos termos do tipo matemático para a compreensão da realidade.
tracking img