Pesquisa sobre geertz

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4191 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Uma Descrição Densa: Por uma Teoria Interpretativa da Cultura, Clifford Geertz
 O conceito de cultura, em torno do qual surgiu todo o estudo da antropologia e cujo âmbito essa matéria tem se preocupado cada vez mais em limitar, especificar, enfocar e conter.
 Kluckhohn conseguiu definir cultura como: 1. O modo de vida global de um povo; 2. O legado social que o indivíduo adquire do seu grupo;3. Uma forma de pensar, sentir e acreditar; 4. Uma abstração do comportamento; 5. Uma teoria, elaborada pelo antropólogo, sobre a forma pela qual um grupo de pessoas se comporta realmente; 6. Um celeiro de aprendizagem em comum; 7. Um conjunto de orientações padronizadas para os problemas recorrentes; 8. Comportamento aprendido; 9. Um mecanismo para a regulamentação normativa do comportamento;10. Um conjunto de técnicas para se ajustar tanto ao ambiente externo como em relação aos outros homens; 11. Um precipitado da história; o que é mais importante, que tenha um argumento definido a propor, representa um progresso. O ecletismo é uma auto frustração, não porque haja somente uma direção a percorrer com proveito, mas porque há muitas: é necessário escolher.
 O conceito de cultura que oautor defende e cuja utilidade os ensaios tentam demonstrar, é essencialmente semiótico. Acreditando, como Max Weber, que o homem é um animal amarrado a teias de significados que ele mesmo teceu, assumo a cultura como sendo essas teias e a sua análise; portanto, não como uma ciência experimental em busca de leis, mas como uma ciência interpretativa, à procura do significado.
 Se você quercompreender o que é a ciência, você deve olhar, em primeiro lugar, não para as suas teorias ou as suas descobertas, e certamente não para o que seus apologista dizem sobre ela; você deve ver o que os praticantes da ciência fazem.
 Etnografia; compreender o que é a etnografia, ou mais exatamente, o que é a prática da etnografia, é que se pode começar a entender o que representa a análise antropológicacomo forma de conhecimento; essa não é uma questão de métodos; é estabelecer relações, selecionar informantes, transcrever textos, levantar genealogias, mapear campos, manter um diário etc. o que o define é o tipo de esforço intelectual que ele representa: um risco elaborado para uma “descrição densa (Ryle)”.
 [caso das piscadelas] O caso é que, entre o que Ryle chama de “descrição superficial”do que o ensaiador (imitador, piscador, aquele que tem o tique nervoso…) está fazendo (“contraindo rapidamente sua pálpebra direita”) e a “descrição densa” do que ele está fazendo (“praticando a farsa de um amigo imitando uma piscadela para levar um inocente a pensar que existe uma conspiração em andamento”) está o objeto da etnografia: uma hierarquia estratificada de estruturas significantes emtermos das quais os tiques nervosos, as piscadelas, as falsas piscadelas, as imitações, os ensaios das imitações são produzidos, percebido e interpretados, e sem as quais eles de fato não existiriam.
 Descrição etnográfica da espécie mais elementar – como ela é extraordinariamente “densa”; o que chamamos de nossos dados são realmente nossa própria construção das construções de outras pessoas, doque elas e seus compatriotas se propõe – está obscurecido, pois a maior parte do que precisamos para compreender um acontecimento particular, um ritual, um costume, uma ideia, ou o que quer que seja está insinuado como informação de fundo antes da coisa em si mesma ser examinada diretamente; Isso leva à visão da pesquisa antropológica como uma atividade mais observadora e menos interpretativa doque ela realmente é; nós já estamos explicando e, o que é pior, explicando explicações. Piscadelas de piscadelas de piscadelas…
 A análise é, portanto, escolher entre as estruturas de significação que Ryle chamou de códigos estabelecidos.
 Etnografia é uma descrição densa; é uma multiplicidade de estruturas conceituais complexas, muitas delas sobrepostas ou amarradas umas às outras, que são...
tracking img