Pesquisa sobre eduardo saverin

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2174 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Eduardo Saverin (São Paulo, 19 de março de 1982)[1] é um empresário e bilionário brasileiro naturalizado estadunidense.[2] É um dos co-fundadores do Facebook, juntamente com Mark Zuckerberg e outros. Possui 5% das ações do Facebook. Em 4 de janeiro de 2011 o valor de suas ações ultrapassou US$ 2.6 bilhões.
Nasceu em São Paulo, filho de um empresário do ramo de exportações, foi para Miami nosEstados Unidos em meados de 1991.Eduardo estudou Economia e fez pós-graduação na Universidade Harvard, onde recebeu seu MBA em 2006. Em Harvard, Eduardo atuou como presidente da Associação de Investimento de Harvard, e ficou conhecido por lucrar mais de US$ 300 mil apostando no mercado futuro do petróleo.
Saverin conheceu Mark Zuckerberg em seu segundo ano, enquanto jogava no Phoenix S K Club e maistarde, co-fundou o Facebook com Zuckerberg durante seu primeiro ano, assumindo o papel de gestor de negócios. Durante o verão seguinte, Saverin se afastou do que era então conhecido como "thefacebook" devido a conflitos internos e as diferenças de opinião com Zuckerberg. Saverin estava morando em Nova York, onde trabalhou brevemente como um estagiário em finanças.
O Facebook experimentou umrápido crescimento do Vale do Silício e teve a entrada de investidores externos, principalmente o do capitalista de risco e co-fundador do PayPal Peter Thiel, que assumiu o controle de finanças e das necessidades de capital. Peter Thiel começou a dar suporte a Zuckerberg como seu CEO e o papel de Saverin foi diminuído. Sua saída do Facebook foi o tema de uma ação judicial. Mais tarde, ele ganhou odireito de ter seu nome listado entre os outros fundadores. Eduardo Saverin ainda frequenta o Phoenix S K Club e divide seu tempo entre Nova York e Boston.
No filme The Social Network, lançado em 2010, Eduardo Saverin é interpretado pelo ator Andrew Garfield — que vai interpretar o Homem-Aranha no quarto filme da franquia. O filme retrata o relacionamento entre ele e Zuckerberg, desde a criação doFacebook até o momento em que Saverin vem a tomar medidas legais contra o ex-amigo.
Conheça Eduardo Saverin, o brasileiro que ajudou a fundar o Facebook
Ainda que o Facebook não esteja entre os sites mais usados por brasileiros, um paulistano chamado Eduardo Saverin foi uma das figuras centrais na criação da rede social mais popular do mundo – o site já ultrapassa os 500 milhões de usuários,contra cerca de 85 milhões do Orkut. A estreia nos EUA do filme "A Rede Social", baseado no livro “Bilionários por acaso - A criação do Facebook”, tirou o brasileiro de seu "quase" anonimato. Agora, com o lançamento no Brasil do livro que inspirou o longa, o UOL Tecnologia traz a história (e curiosidades) desse brasileiro que ficou bilionário com a rede social. A publicação da Editora Intrínseca chegaàs livrarias nesta sexta-feira (22) com preço sugerido de R$ 29,90.
Saverin é uma das principais fontes utilizadas pelo escritor Ben Mezrich (no filme que estreia no Brasil em dezembro, ele é interpretado por Andrew Garfield, o futuro Homem Aranha). O longa ganhou repercussão bem maior que o livro, ao mostrar Mark Zuckerberg, diretor-executivo do Facebook, como um jovem nerd e brilhante tentando"se dar bem" com as garotas da universidade e passando por cima dos amigos cofundadores do Facebook – especialmente Saverin. Os dois tiveram grandes divergências quando a rede social começou a crescer rapidamente, assim como seu potencial como fonte de dinheiro rápido.
As informações disponíveis sobre o brasileiro estão presentes principalmente no livro “Bilionários por acaso” e em seu perfil narede social que ele mesmo ajudou a criar. Saverin é resistente a entrevistas – não houve resposta para as tentativas de contato do UOL Tecnologia – e, por isso, ele surpreendeu a todos quando rompeu o silêncio, na semana passada, com um post publicado no blog de convidados da rede "CNBC".
Mas Saverin não usou o espaço para fazer críticas a Zuckerberg ou contar sua versão dos fatos. No texto...
tracking img