Pesquisa sobre as escolas: summerhill escola da ponte reggio emilia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2992 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Pesquisa sobre as escolas:
Summerhill
Escola Da Ponte
Reggio Emilia


INTRODUÇÃO

É muito comum que nossas bases educacionais sejam fundadas em abordagens tradicionais de ensino. A abordagem tradicional está fortemente enraizada na sociedade moderna e perdura por vários séculos, sofrendo adaptações em se método porém não na forma de compreender as relações de aprendizagem. Muitas vezes,nosso conhecimento, nossas experiências são interpretadas por nos mesmos através de uma perspectiva mais rígida característica que provém de um ensino tradicional onde a relação professor aluno ocorre de forma unilateral, já que esta forma de encarar o mundo acaba sendo mais comum entre a população. Dificilmente ouvimos por ai que alguém estudou em uma escola que segue uma abordagemconstrutivista.
Será que existe uma escola diferente das escolas “comuns”?

Summerhill
Uma nova forma de aprendizagem, um modelo pedagógico interpessoal, uma aprendizagem com uma mudança permanente do comportamento, algo que podemos definir como um processo de construção e assimilação de uma nova resposta.
Com base nessa teoria, existe uma escola com um diferencial, a Summerhill, escola que segue oprincípio humanista de Carl Rogers (1902-1987). Para Rogers, em sua Abordagem Centrada na Pessoa, o professor não é mais visto com centro do processo ensino-aprendizagem, onde o docente era o detentor do conhecimento, e esse, transferia as informações para os seus alunos. Pelo contrário, na teoria Humanista, o professor é visto como um facilitador, onde não é o docente que ensina e sim o aluno queaprende, o importante não é o que ele aprende, e sim como ele aprende. O papel do professor facilitador é instigar o aluno, atiçar a sua curiosidade e desafiá-lo a buscar novos conhecimentos. Para que esse processo aconteça, de acordo com Rogers, é necessário um conjunto de qualidades que transformam o professor em facilitador da aprendizagem. É com base na abordagem Humanista que Neill desenvolveu aSummerhill.
A escola de Summerhill foi fundada em 1921 por Alexandre Sutherland Neill (1883-1973) e sua esposa, que tinham como objetivo fundar uma escola que tinha como eixo central a premissa de adaptar a escola na criança, no aluno e não o aluno na escola. Neill tinha origem escocesa, era educador e jornalista.
A escola trouxe novos princípios pedagógicos, ou seja, uma maneira diferente deenxergar a educação e oferecer aos alunos liberdade de expressão.
Summerhill tinha como objetivo e fornecer a liberdade à criança para poder crescer, ter poder em sua vida, fazer com que os alunos desenvolvam naturalmente, e possibilitar uma infância feliz sem medos.
A escola está localizada na Inglaterra, existem cerca de 200 regras que governam a escola Summerhill. As regras são criadas poralunos, professores, funcionários e familiares em reuniões semanais, toda criança tem o direito de participar das reuniões e poder opinar com um peso de voto nas reuniões. Sendo a primeira escola infantil democrática do mundo, atendem crianças do ensino fundamental e médio.
A escola Summerhill surge como uma instituição educativa, na qual irão obter ideias em comum com as de Carl Rogers (1902-1987) emque seu modelo pedagógico aplica muitas diretivas da teoria humanista. De acordo com Nell, a educação deveria trabalhar basicamente com o emocional do aluno que para ele tem como a fonte principal do jovem para torna-los felizes.
APLICAÇÃO PRATICA DE SUMMERHILL
A escola acreditava que não existe imposição às aulas, é dada toda liberdade, fé, sabedoria e autonomia para um crescimentoautodidatico, uma teoria humanista de confiança nas potencialidades humanas. Summerhill adota princípios de petinência dos assuntos, como escolhas livres, opções de profundidade das matérias e da aprendizagem. São realizadas atividades coletivas promovendo uma aprendizagem participativa, e uma avaliação com caráter secundário, uma auto-avaliação e autocrítica, aprendendo a conhecer si mesmo em um processo...
tracking img