Pesquisa pessoal

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3446 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Nosso companheiro de IBTT, André Motta, tem 48 anos, é casado, tem 2 filhos, nascido em Santos/SP e residente em São Paulo. André tem como principal ocupação a Cenografia, profissão onde atua desde 1988. É Artista Plástico autodidático com pesquisas, cursos livres e atuação desde 1986. Fez Modelagem e Desenho no Museu Lazar Segal. Vitrinismo no Senac. Seu DRT é de Maquinista (1992) e não ésindicalizado.
 

Como foi o início de sua carreira?
O primeiro contato com cenografia foi através de um convite feito por Alessandro Loria, cenotécnico Italiano radicado no Brasil, para fazer
pintura de arte em um projeto de Flávio Império e Cecília Serrote (Loira).

Tem algum profissional que considera teu mestre?
Mestres que tive o privilégio de trabalhar diretamente como Flávio Império,Sandro Loria, Cecília Serrote, José de Anchieta, Antônio Marciano, entre outros tantos  mestres do fazer.

Em que área trabalha mais? Teatro, musica, dança?
Iniciei com teatro, exposições e eventos culturais, de 89 à 91. A partir de 91 iniciei um trabalho particularmente prazeroso, como Diretor 
de palco do Teatro De Cultura Artística. Coordenava todas as montagens das temporadas de músicaclássica da Sociedade de Cultura Artística e
acompanhava montagens de peças teatrais, dança e shows musicais que ocorriam nas duas salas do teatro. Paralelamente participava de outras montagens como maquinista, pintor de arte e cenotécnico. A partir de 96 comecei a assinar algumas cenografias, em 98 abri meu primeiro atelier e a partir de 99 trabalhei exclusivamente com projetos cenográficos. Em 1998abri meu primeiro atelier de cenografia no bairro da Mooca em sociedade com o Cenógrafo Antônio Marciano, atual cenógrafo da Cia do Latão. A partir dessa iniciativa trabalhei exclusivamente em produções de teatro, TV, espetáculos de dança, eventos corporativos, exposições artísticas e culturais, eventos sociais, esportivos, propaganda, fotografia de moda, enfim, todas as inúmeras áreas onde acenografia é empregada como linguagem de cena.
 
Em que área se sente melhor trabalhando? Onde seu trabalho é mais valorizado?
Prefiro as áreas onde o trabalho final esteja a serviço do Publico comum como teatro, dança, exposições artísticas e informativas, intervenções urbanas e sociais, e atividades como workshops parainteressados na área ou de cunho social e sócio-ambiental. Entretanto, como omercado dos eventos corporativos possui muito mais investimentos, é nele onde o trabalho é mais valorizado financeiramente. Mesmo sendo a área corporativa a que paga as contas, o valor real pessoal dos demais eventos representa de fato a força motriz que viabiliza o fazer pelo resultado
financeiro.

 

 
 
Que países conheceu à trabalho?
México, EUA e Espanha

Trabalha fora de São Paulo(outros estados) com regularidade?
Sim, tanto em produções teatrais, quanto com ações de marketing, eventos corporativos e ações culturais. As montagens em todo território nacional fazem parte continuamente da logística no universo de projetos e montagens cenográficas.
 

O que considera ter sido a mudança mais importante na cenografia do início de sua carreira, para hoje?
Uma mudança queconsidero importante no cenário das artes cênicas deu-se em conseqüência de radicais mudanças nas leis de incentivo à produção cultural. O teatro era viável, com regras democráticas que possibilitavam grande numero de produções amadoras e profissionais, sendo que com as mudanças nas leis as produções foram obrigadas a adaptarem-se à nova realidade. Sem verba pública, incentivos e patrocínios, dependendoexclusivamente das bilheterias, as produções foram obrigadas a se reinventarem para continuarem existindo.
Em segundo lugar colocaria as mídias e possibilidades tecnológicas, ferramentas ainda muito pouco exploradas pelos profissionais das áreas de cenografia, iluminação, figurinos, entre outros. De forma geral, todos os processos de criação mudam dia a dia, superando-se sempre, criando novas...
tracking img