Pesquisa aids

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1038 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DA AIDS EM MULHERES NO MUNICIPIO DE NATAL-RN: ESTUDO DESCRITIVO


INTRODUÇÃO: A doença hoje conhecida como Síndrome da Imunodeficiência Adquirida(AIDS), surgiu no inicio da década de 80. Inicialmente vinculada aos homossexuais masculinos, particularmente nos países industrializados, o HIV disseminou rapidamente atingindo mulheres, crianças, homens com práticasheterossexuais e ou hemofílicos, disseminando-se principalmente pela via sexual. Hoje a epidemia apresenta três aspectos: vem atingindo pessoas pobres, mulheres, e adolescentes. O Brasil vem apresentando nos últimos anos uma tendência de queda do número de óbitos, com significativas mudanças no perfil epidemiológico. No início da década de 90 o crescimento de casos de AIDS entre as mulheres alertou asociedade, hoje de acordo com as estimativas da UNADIS (Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS), 50% das pessoas infectadas no mundo são mulheres. Observou-se que o baixo nível de escolaridade, banalização do ato sexual sem segurança, o uso de drogas, infecção em relações estáveis, são vulnerabilidades que contribuem para que as mulheres brasileiras estejam mais suscetíveis à infecção peloHIV e outras doenças sexualmente transmissíveis.

OBJETIVO: Neste estudo analisaram-se de pacientes do sexo feminino diagnosticados com AIDS, visando traçar um perfil das mulheres infectadas no município de Natal, Rio Grande do Norte.

MATERIAIS E MÉTODOS: Trata-se de um estudo exploratório descritivo com abordagem quantitativa obre o perfil epidemiológico das mulheres município de Natal, RioGrande do Norte. Utilizamos os dados coletados no período de 2001 a 2011, e através do estudo transversal realizou-se uma análise estatística dos dados com base em gráficos e tabulações de dados do TABWIN. O levantamento de dados foi obtido a partir de informações colhidas do DATASUS, no mês de novembro de 2012.

JUSTIFICATIVA
A epidemia de AIDS é um grande problema de saúde pública no Brasil e,embora “haja um número maior de casos notificados em indivíduos do sexo masculino, a velocidade de crescimento da epidemia é, como em outros países, muito maior entre as mulheres do que entre os homens.” (Santos, ET al., 2009, p. 321). O aumento da transmissão por contato heterossexual resulta em crescimento de casos em mulheres, assim, a feminização é apontada como o mais importante fenômenoreferente à epidemia que está acontecendo no Brasil (Brito, Castilho & Szwarcwald, 2000). A AIDS está entre as principais causas de mortalidade nas mulheres em idade fértil (Santos, Taira, Silvia, Buchalla & Laurenti, 2002). Diante da problemática observada nos dados, vimos a necessidade de realizar um estudo epidemiológico sobre as incidências dos casos de AIDS em mulheres no município de Natal.RESULTADOS: Foi analisada a incidência de AIDS na população feminina com faixa etária de 13 a 39 anos de idade residentes no município de Natal no período de 2001 a 2011. Buscou-se também fazer uma avaliação dos aspectos gerais da doença, através de dados e gráficos coletados pelo DATASUS. De acordo com esta análise verificamos um aumento na incidência de casos AIDS dos três últimos anos, onde noano de 2009 foi relatado a sua maior ocorrência. Em 2008 foi constatado 4 casos da doença, que no ano seguinte foi ampliado para 9 casos, e continuando elevado no período de 2010 a 2011 com 8 casos (Tabela 1).


TABELA 1
[pic]





Essa média avaliada na Tabela 1 reflete ainda na quantidade de caso presentes no Rio Grande do Norte. Uma análise posterior descreveu a distribuição decasos da AIDS entre indivíduos do sexo masculino e feminino em todo o estado. A partir do resultado foi revelada a existência do crescente aumento de incidência da doença no RN no período de 2000 a 2010, onde a maior concentração de casos encontra-se na área metropolitana, cerca de 59,7% do total. Entretanto, ao longo deste período, é observado uma interiorização da epidemia, na qual em 1999 se...
tracking img