Perverssão

Páginas: 50 (12413 palavras) Publicado: 6 de outubro de 2011
INTRODUÇÃO

O interesse pelo presente estudo surgiu a partir da observação de um fenômeno que se mostra, com o passar do tempo, cada vez mais latente: o componente perverso existente nas práticas sexuais contemporâneas.
Para Pires et al. (2011), vive-se um momento histórico onde a sexualidade está em evidência sendo foco de cursos, palestras e artigos em revistas. Todosensinam como extrair a maior quantidade de gozo sexual possível nas relações íntimas entre os parceiros, saindo de cena a moralidade e pudor dando lugar á exploração de zonas erógenas de tal maneira que Freud não hesitaria em considerar as práticas atuais como perversas.
Buscar-se á através desse estudo, verificar quais as práticas sexuais mais utilizadas na atualidade, relacionando-ascom as tidas como perversas enumeradas por Freud nos “Três Ensaios Sobre a Sexualidade” (1905).
Tal estudo fundamenta-se, basicamente, na afirmativa de Freud “A neurose é o negativo da perversão”, onde o mesmo acreditava haver em cada um de nós – neuróticos – um componente perverso que em condições favoráveis para tal se manifesta.
Segundo Freud (1905/1998), pessoas normais podemsubstituir durante um bom tempo o alvo sexual normal por uma perversão, no mínimo as menos graves, ou arranjar-lhe um lugar ao lado dele. Ele afirma que a possibilidade de todo ser humano tornar-se pervertido sob certas condições se justifica pelo fato de haver ter sido criança.
Para Ceccarelli (1998), sendo o inconsciente dos homens povoados pelos desejos que os perversos põem em cena, asperversões deixam de ser algo que só eles – os perversos – exibem e passam a ser constitutivas do psiquismo.
A revisão de literatura do presente trabalho oportuniza aprofundar as questões concernentes a sexualidade humana e seus desvios, em suas dimensões mais relevantes. Não se pode deixar de mencionar que a sexualidade perpassa o nível individual e sofre influências históricas eculturais, portanto tal componente mostra-se indispensável em tal estudo.
No referencial serão explicitadas questões referentes á sexualidade humana através dos tempos, bem como sua íntima ligação com a Psicanálise.
Focar-se-á perversão e suas conceituações, bem como as práticas elencadas por Freud nos Três Ensaios Sobre a Sexualidade (1905) particularmente no artigo “As aberraçõessexuais”.
Buscar-se á ao longo desse estudo responder algumas questões: “As práticas sexuais contemporâneas apresentam essencialmente elementos perversos, provando que com a diminuição da censura o lado perverso dos ditos neuróticos vem á tona?” e “Será que o que eram considerados “atos perversos” por Freud, podem assim ser avaliados na atualidade?”
Visando responder taisquestionamentos, bem como os objetivos do estudo, será realizada uma pesquisa de campo de cunho qualitativo, com aproximadamente quatro sujeitos contactados através de comunidades do site de relacionamentos Orkut (site de relacionamentos) e salas de bate-papo, que correspondam ao perfil da amostra (maiores de dezoito anos, sexualmente ativos) e estejam dispostos a responder á questionamentos feitospela pesquisadora através do MSN Messenger (programa de bate-papo que permite a interação em tempo real), assegurado o sigilo.
Tal estudo não tem a finalidade de condenar ou incentivar a escolha de práticas sexuais nem tampouco estabelecer critérios diagnósticos da amostra pesquisada. Não se tem a intenção de descrever em detalhes práticas sexuais não convencionais, mas sim explorar adiversidade destas como parte constituinte da sexualidade humana.
A exigência da efetivação de um trabalho monográfico de conclusão do curso fez pensar em eleger esta temática como objeto do referido trabalho.

1.2 OBJETIVOS

GERAL:

Identificar as práticas sexuais vigentes na sociedade contemporânea.

ESPECÍFICOS:

• Descrever as práticas sexuais tidas como perversas á luz da teoria...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!