Periodo regencial

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2272 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1. Período regencial
Fonte: Wikipédia, Brasil escola.

Período regencial é como ficou conhecido o decênio de 1831 a 1840 na História do Brasil, compreendido entre a abdicação de D. Pedro I e o chamado "Golpe da Maioridade", quando seu filho D. Pedro II teve a maioridade proclamada.
Nascido em 2 de dezembro de 1825, Pedro II contava, quando da renúncia paterna, 5 anos e 4 meses, não podendoportanto, assumir o governo que, por força da lei, seria dirigido por uma regênciaintegrada por três representantes. Durante esta década sucederam-se quatro regências: A Provisória Trina, Permanente Trina, a Una do Padre Feijó e a Una de Araújo Lima.
Ocorre nesta fase uma série de rebeliões localizadas, como a Cabanagem, no Pará, a Balaiada no Maranhão, a Sabinada na Bahia e a Guerra dos Farrapos,no Rio Grande do Sul,

2. Regências

2.1 A Regência Provisória (1831)
A regência provisória é composta por três senadores: Francisco de Lima e Silva, Vergueiro e Marquês de Caravelas.
A regência Trina Provisória, teve uma duração de aproximadamente 3 meses (7/04/1831 – 17/07/1831),

2.2 A Regência Trina Permanente (1831 – 1835).
Foi composta pelos os deputados José da Costa Carvalho,Marquês de Monte Alegre, da Bahia; João Bráulio Moniz, maranhense e pelo senador Francisco de Lima e Silva, Barão da Barra Grande, do Rio. A Regência Trina Permanente foi eleita, em julho de 1831.

2.3 A Regência Una de Feijó (1835 – 1837)
Em 1835 ocorre à primeira eleição para escolha do Regente único. Concorrem o pernambucano Antônio Francisco de Paula Holanda Cavalcanti de Albuquerque,exaltado, e o Padre Diogo Antônio Feijó, paulista, do Partido Moderado; saiu do pleito vitorioso este último, obtendo cerca de seis mil votos.  Esta Regência durou de 12 de outubro de 1835 a 19 de setembro de 1837.

2.4 A Regência Una de Araújo Lima (1837 – 1840)
Após seu período de interinidade, Pedro de Araújo Lima, marquês de Olinda, candidatou-se ao cargo nas eleições que ocorrem em abril de 1838.Concorre com ele, mais uma vez, já que disputara com Feijó, o também pernambucano Antônio Francisco de Paula Holanda Cavalcanti de Albuquerque, a quem derrotou com facilidade.
No segundo ano do seu governo aumentam-se as disputas políticas no Congresso, que viriam a resultar no chamado Golpe da Maioridade, fruto da reação dos liberais.

3. Principais rebeliões do período Regencial

Balaiada(1838 – 1841)
O movimento ocorrido no Maranhão teve por causa econômica a crise na produção algodoeira, que veio a estourar numa revolta de escravos e vaqueiros das grandes fazendas, em dezembro de 1838, contando com o apoio dos liberais das cidades, que faziam oposição aos senhores de terras.
Tendo por principal líder Manuel Francisco dos Anjos Ferreira, um fabricante de balaios, tomou daí onome da rebelião. Já em 1839 tomaram a cidade de Caxias, enquanto os escravos fugidos se instalavam em quilombos na selva. As lutas se dilataram por 3 anos, causando enorme prejuízo aos fazendeiros, mas conservavam sem um denominador político comum que os organizasse, sendo finalmente derrotados pela reação da elite, com apoio das tropas imperiais sob o comando do então coronel Luís Alves de Lima eSilva, futuro duque de Caxias.

Cabanagem (1835 – 1840)
A rebelião teve início no ano de 1835 em Belém, então uma cidade de 12 mil habitantes com poucos brancos e maioria de indígenas, escravos e mestiços, após desentendimentos na elite sobre a escolha do novo presidente da província que, então, bem poucos laços tinham com o Rio de Janeiro: foi então proclamada a independência.
Belém foi entãoatacada por uma tropa integrada na maioria por mestiços, índios, negros, dentre os quais se destacou como líder o cearense Eduardo Angelim, que para aquela província migrara após grande seca, e contava então 21 anos.
Chamados de cabanos, os rebelados tinham por objetivos restaurar o Pará ao Brasil, a defesa de D. Pedro II como monarca e o combate aos estrangeiros. Seu saldo dos anos de lutas,...
tracking img