Perdas ao longo da cadeia produtiva de frango - um estudo de caso

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 26 (6373 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FILIPE LACERDA GOMES

PERDAS AO LONGO DA CADEIA PRODUTIVA DE FRANGO – UM ESTUDO DE CASO

Relatório Final de Estágio Supervisionado Obrigatório do curso de Gestão do Agronegócio da Faculdade UnB Planaltina para obtenção do diploma de graduação, sob orientação da professora Carolina Lopes Araújo.

Setembro 2012

1

INTRODUÇÃO Nos últimos anos, o Brasil atravessa uma ótima fase comrelação às exportações de carne, sendo que a de frango merece destaque especial. Apesar de algumas barreiras colocadas recentemente ao setor de exportação, o Brasil se mostra na vanguarda e ocupa atualmente o importante posto de maior país exportador de carne de frango do mundo (ABEF, 2006). Segundo o United StatesDepartmentofAgriculture (USDA) a produção mundial de carne de frango registrou em 2006 umaumento de 3, 25% passando de 58,2 para 60,09 milhões de toneladas. A produção do Brasil em 2006 foi de 9,3 milhões de toneladas, resultado que manteve o País no terceiro lugar entre os maiores produtores mundiais, atrás somente dos Estados Unidos e da China, que apresentaram produção de 16,16 milhões e 10,35 milhões de toneladas respectivamente (ABEF, 2006). De acordo com o avanço dos númerosatuais do setor avícola, é possível perceber uma grande evolução com relação às dificuldades enfrentadas em anos anteriores, o que mostra que nosso país avança a passos largos quando o assunto é avicultura de corte. Analisando-se o ano 2007, por exemplo, foi possível constatar um grande aumento nas exportações, que já somam aproximadamente 3 milhões de toneladas, sendo 20,67% superior ao que foiembarcado em 2006, segundo a revista Produção Animal, edição de junho de 2007. Entretanto, tendo-se em vista a necessidade de acompanhar este rápido desenvolvimento da avicultura, produtores e processadores deverão estar sempre atentos às perdas que poderão ocorrer durante todas as etapas do processo produtivo das aves. Nas últimas três décadas a produção de frangos no Brasil alcançou altos níveis deprodutividade, comparáveis ao dos países mais adiantados do mundo, resultado da organização e coordenação de toda a cadeia, e do uso de uma estratégia de produção baseada na parceria entre produtor e indústria. As empresas privadas e as cooperativas coordenam todo o processo e estão continuamente melhorando as técnicas de criação e industrialização, otimizando a logística de distribuição dos insumose dos produtos do frango. Sistemas de informação também
2

são usados no sentido prospectar as mudanças de demandas do mercado nacional e internacional bem como visando evitar perdas devido ao uso de barreiras técnicas e econômicas ao mercado. Da produção brasileira 71% são destinadas ao consumo interno e 29% para exportação. Em decorrência das condições de mercado favoráveis, a produçãocresceu 8,3% de 2004 para 2005. A exportação de frangos ocupa a segunda posição em importância no agronegócio brasileiro e está na sexta posição nas exportações totais. Atualmente o frango brasileiro é exportado para cerca de 150 países. Até pouco tempo atrás o principal produto tanto para o mercado interno como para a exportação era o frango inteiro. Atualmente ele vem perdendo espaço, e o consumo decortes e produtos processados, alguns produtos do tipo “ready to cook” está aumentando. As exportações de frango inteiro cresceram 9,5% enquanto as de partes subiram 21,4% em 2005 em relação a 2004. Em 2005 a exportação de cortes representou 63% do total exportado, sendo que os principais importadores, o Oriente Médio, a Ásia, a União Europeia e a Rússia absorveram 78% das exportações totais doBrasil (ABEF, 2005). O consumo per capita brasileiro evoluiu de cerca de 13 kg em 1989 para 35 kg em 2005, atingindo valores semelhantes ao do consumo dos Estados Unidos e da Arábia Saudita, enquanto que o consumo médio mundial foi de 8,6 kg. O crescimento do consumo no Brasil foi favorecido pelo crescimento da produção, queda dos preços do produto ao consumidor, diversidade de produtos...
tracking img