Percurso escolar

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3710 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Claudia Lee Nudi Perin
















Memorial


















2010





























Trate as pessoas
como se elas fossem o que poderiam ser
e você as ajudará a se tornarem
aquilo que são capazes de ser. [Goethe]










Sumário









Início daCaminhada.................................................................................................... 5




Ao sair da Faculdade e encarar a realidade................................................................ 5


Minhas referências de ensino/aprendizagem com meus avôs.................................... 6


Minhas referências de ensino/aprendizagem na escola.............................................. 6Como vejo ensino e a aprendizagem dentro das instituições...................................... 8


Capital cultural e a exclusão........................................................................................ 8


A importância do projeto político pedagógico.............................................................. 9


Reflexões sobre Ética eCidadania.............................................................................. 9


Considerações finais.................................................................................................. 11




Referências Bibliográficas.......................................................................................... 13O início da caminhada.

Após a 4ª série, parei de gostar da escola e me lembro que sempre sentia dor de cabeça, dor de barriga, mal estar, tudo era motivo pra não ir. Até que enfim acabou essa fase e eu achei que as coisas iriam melhorar, e fui então para 5ª série, que decepção, as coisas não mudaram muito, aliás, pioraram no sentido de me sentirignorada, pois os professores sempre responsabilizavam, nós, alunos pelas notas vermelhas, pela bagunça, etc, mas não me lembro de ter tido professores que olhavam pra gente preocupados realmente se estávamos aprendendo ou que pelo menos nos elogiasse quando fazíamos algo legal. Era só cópia e responder questionário que estava no livro e o professor ficava sentado lendo revista ou arrumando diário,quando não estava dando bronca na classe pela bagunça.
No Ensino Médio o que me agradava era ir para a escola para encontrar os colegas uma ou outra aula era interessante, mesmo porque foi uma fase de muitas mudanças na política educacional, aonde estava sendo implantada a teoria do construtivismo e a progressão continuada e isso interferiu muito no desenvolvimento das aulas, os professores sedesanimaram bastante, pois a política foi implantada mas os professores não foram capacitados adequadamente e então entenderam que “não precisavam se empenhar nas aulas, já que os alunos iriam passar de ano mesmo”, entenderam que o não usar caneta vermelha nas correções para não causar traumas, significava não corrigir mais, isso foi um grande engano.
Só fui reaprender a gostar de estudarde novo, depois que já estava na faculdade e comecei a estudar licenciatura em geografia, aí sim, os professores da área de pedagogia, preocupados realmente com a aprendizagem dos alunos e que acreditam que a educação é realmente algo importante, é que religaram em mim o prazer de aprender e estudar novamente. Nas disciplinas de didática e prática pedagógica tive contato com as teorias da educação,as quais me fizeram perceber o valor do conhecimento humano todo o processo que o ser percorre para alcançar o conhecimento.
Agora depois de pensar nesse trajeto da minha vida escolar acabo de perceber que aquelas professoras que eu não gostava também foram muito importante na minha vida, pois tenho muito claro dentro de mim, como eu não quero e não devo ser.
Acho que a escrita...
tracking img