Pequeno principe

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1516 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de fevereiro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
(...)
Pessoas precisam de pessoas e anseiam ser entendida, solícitas e por que não dizer amadas, aceitas, inclusas. Há no presente tempo, e isto já vem de algum tempo atrás, uma enorme tendência de pessoas não serem o que realmente são, pessoas falam o que não querem falar, pessoas agem de forma que não gostariam de agir e por isso se perdem num relacionamento raso, falso, não criam raízes pornão terem profundidade e por isso nunca se completam, nunca se acham e, portanto não aprendem jamais a amar.O autor em sua sensibilidade nos permite fazermos uma profunda reflexão, numa releitura madura e sincera de nossos próprios valores em relação à vida, a nós mesmos e aos milhares e milhares que nos cercam no dia-a-dia de nossos dias, pessoas chegadas, íntimas e também anônimas, desconhecidas,mas que de forma direta ou indireta estão ligadas a nós, pelas lembranças, pelos fatos, pelos acasos.Há uma análise sensível do amor, o amor da entrega, da submissão, da aceitação, no intervalo das falas e do próprio tempo que da mesma forma que aproxima também separa, distancia. O amor que cuida que às vezes exige e mente, mas que aos poucos se revela a pesar da vaidade que é tão comum em nossosdias, e esse mesmo sentimento nos permite provarmos o doce e terno sabor do que é essencial para nós ainda mesmo que sejamos tão jovens e inexperientes.
(...)

Boa Noite,
Por gentileza, poderiam me dizer se meu desenho lhes causa medo?
Quando eu tinha seis anos de idade, vi num livro sobre a floresta virgem, uma gravura representando uma jibóia engolindo um animal. Após refletir um pouco, fizcom lápis de cor, o meu primeiro desenho. Esse:
E quando mostrei meu desenho às pessoas grandes, me disseram que um chapéu não tinha como causar medo. Então abandonei aos seis anos, uma promissora carreira de pintor. E me dediquei á Geografia e aprendi a pilotar aviões.
Vivi só, sem alguém com quem pudesse conversar, até que uma pena me obrigou a fazer um pouso de emergência no deserto.Enquanto me empenhava em consertar meu avião, ouvi uma voz que dizia:
- Por favor, desenha-me um carneiro?
Assustado, me deparei com um pequeno garoto, vindo não sei de onde, que me olhava com os olhos aflitos. Expliquei que não sabia desenhar, que tinha feito apenas um desenho em toda a minha vida. E quando lhe mostrei o meu desenho, me surpreendi com a resposta:
- Não, eu não quero um elefante emuma jibóia. A jibóia é perigosa, e o elefante toma muito espaço, e é tudo muito pequeno onde moro. Preciso é de um carneiro.
“Quando o mistério é impressionante demais, a gente não ousa desobedecer.”
Por mais absurdo que aquilo me parecesse, tirei do bolso uma folha de papel e uma caneta. Mas após várias tentativas frustradas de desenhar um carneiro, acabei por fim realizando seu pedido:
- Estaé a caixa. O carneiro que queres, está ai dentro!
Com o tempo descobri que o pequeno príncipe veio de um planeta tão pequeno que ele podia observar o pôr do sol a qualquer momento que quisesse, tendo apenas que se virar. A razão por que ele queria o carneiro era porque os carneiros comem pequenas plantas. Ele queria que o carneiro comesse os baobás que eram um grande problema em seu planeta. Eulhe expliquei que os baobás são árvores grandes, mas o príncipe explicou-me que elas começaram pequenas. Contudo, o príncipe ficou preocupado, porque carneiros também comem flores, e o príncipe tinha uma flor muito especial em seu planeta, uma que ele muito amava. Uma semente de rosa, que apareceu um dia no seu planeta.
- Como és bonita...
- É verdade. E nasci ao mesmo tempo em que o sol... Vocêpoderia cuidar de mim...
Assim, ela logo começou a atordoá-lo com a sua doentia vaidade. A flor, apesar de bela e cheirosa, era boba e exigente. Mesmo que ingenuamente não tivesse medo de tigres, crendo que seus espinhos a protegeriam, ela exigia que o príncipe construísse uma tela para protegê-la do calor. Ela lhe disse para colocá-la debaixo de uma esfera de vidro à noite para protegê-la do...
tracking img