Pepelarias: o segmento de mercado do grupo no ambito nacional: como surgiu o negocio no brasil e como vem sendo a sua evoluçao ate os dias atuais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (355 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
PEPELARIAS: O segmento de mercado do grupo no ambito nacional: como surgiu o negocio no Brasil e como vem sendo a sua evoluçao ate os dias atuais

De acordo com estimativas da Rede Nacional dePapelarias ? Brasil Escolar, existem no Brasil cerca de 30 mil lojas de papelarias, e se incluirmos os supermercados este numero cresce de 30 a 40%, movimentando cerca de R$ 4,5 bilhões por ano. Osestabelecimentos de grande porte movimentam uma grande variedade de artigos que chega a 15 mil itens, já os de menor porte trabalham com cerca de 3 mil itens. Um dos segmentos mais importantes do negóciode papelaria é o de cadernos e que no ano de 2007 representou cerca de 4,3% do Produto Interno Bruto ? PIB, com quase R$ 1 bilhão produzidos pela industria. Segundo Fábio Mortara da AssociaçãoBrasileira da Indústria Gráfica ? ABIGRAF, o caderno brasileiro foi destaque na pauta de exportações, colocando-se como segundo setor exportador de produtos gráficos, correspondendo a 23% das exportações novalor de R$ 63 milhões em 2007.

O segmento de papelaria apresenta um incremento expressivo de demanda entre os meses de janeiro a março, em decorrência da volta às aulas. Sendo assim, o empreendedordeve se preparar para esse período com bastante antecedência, buscando identificar fornecedores, negociar preços, formas de pagamento e etc. Após esse período, o volume comercializado não serámajoritariamente do segmento escolar, mas do segmento de material de escritório, além de outros produtos de menor sazonalidade. Será o momento de fazer um planejamento para lidar com a queda das vendas nosetor e pensar em como aproveitar as datas comerciais.
Segundo informações do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do Ministério do Trabalho, o segmento de comércio varejista de livros,jornais, revistas e papelaria, alcançou em janeiro de 2011 um estoque de 124.517 empregos formais, representando uma evolução de 7,85%, relativo a janeiro de 2007.
Em meio a toda essa evolução do...
tracking img