Pensamento contemporaneo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2858 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Questões a Preparar para o Teste 1



1) Evocar o conceito de contemporaneidade sem perder de vista duas das suas coordenantes: a)cronologia b)cairologia.

A contemporaneidade é característica do que é contemporâneo; coexistir na mesma época; viver no mesmo tempo social.
Não há uma justaposição entre o tempo cronológico e cairológico. O tempo cronológico linear, quantitativo,universal, ou seja, é a de determinação das datas e a ordem dos acontecimentos … enquanto que o cairológico é um tempo qualitativo, intenso, o tempo em que a vida faz sentido. É o tempo vivido, em que o aqui e agora são vivenciados em pleno.

2) Começando por apresentar o significado de epistemologia, explicite o que se entende por «ruptura epistemológica primordial».

Epistemologia (Episteme(ciência)+ lógia (estudo)) é a reflexão crítica, o estudo acerca do conhecimento científico. Consiste numa área /disciplina filosófica que estuda os fundamentos e a natureza do conhecimento científico, devido a qualquer obstáculo que impede o seu progresso. Ruptura epistemológica primordial é o procurar de definir as condições de formação do espírito científico, que para Bachelard apresenta a ciência comoum trabalho de ruptura, face a representações, hábitos de pensamento, conhecimentos não criticados, a que ele chama obstáculos epistemológicos. Algumas das questões fundamentais que a epistemologia coloca são a de origem do conhecimento, a do lugar da experiência e da razão na génese do conhecimento e a da relação entre o conhecimento e a certeza.



3) Evocar a definição de Iluminismo(Aufklarung) proposta por Immanuel Kant, comentando-a brevemente.

As características deste movimento cultural são: autonomia da razão, enquanto o único instrumento capaz de libertar o ser Humano da ignorância, da supertição; do obscurantismo. Este movimento cultural vai contra o princípio da autoridade tradicional histórica que não são comprovadas. Consideram que a razão pode desvendar os mistérios douniverso. Segundo Kant, o Iluminismo é a saída do homem da sua menoridade de que ele é próprio é culpado. A menoridade é a incapacidade de se servir do entendimento sem orientação de outrem. Tal menoridade é por culpa própria, se a sua causa não residir na carência de entendimento, mas na falta de decisão e de coragem em se servir de si mesmo, sem a guia de outrem.



4) Evocar o conflito queeclodiu, no século da Luzes, entre os ideais do Iluminismo e os princípios doutrinários defendidos pela Instituição Religiosa.

O Iluminismo assenta no pressuposto da autonomia da razão, ou seja, a razão é livre; enquanto que a instituição religiosa defende o principio da autoridade, do poder divino, em todas as esferas da vida. A preguiça e a cobardia são as causas em tão grande parte,continuarem de bom grado menores de toda a vida e também de a outros ( como a Instituição religiosa) se tornar tão fácil assumir-se como seus tutores. A instituição religiosa diz: não raciocineis, acredita. Por toda a parte restringe-se a liberdade. O uso que a Instituição Religiosa faz é privado aquele que alguém pode fazer da sua razão num certo cargo público ou função a ele confiado, aplicando-se numclérigo que está obrigado a ensinar os instruendos do catecismo e a sua comunidade em conformidade com o símbolo da igreja, a cujo serviço se encontra, pois ele foi admitido com esta condição. Como culto, tem plena liberdade de mostrar todos os seus pensamentos sobre o que está errado e as propostas para uma melhor regulamentação das matérias que respeitam à religião e à Igreja. O ministro daIgreja está obrigado a expor segundo a prescrição e em nome de outrem. Em contraste, o clérigo, no uso público da sua razão, goza de uma liberdade ilimitada de se servir da sua própria razão.

5) Explicitar os significados de: a) teísmo b)deísmo, inscrevendo ambas as noções no pano de fundo do século XVIII.

Deísmo (do latim Deus) é uma doutrina que afirma a existência de um supremo criador...
tracking img