Pensadores

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (875 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Sigmund Freud
Sigmund Freud (Viena, 1856 – Londres, 1939), médico austríaco é considerado o pai da psicanálise, especializando-se em neurologia. Nascido em Freiberg, na Moravia (ou Pribor, naRepública Tcheca), em 6 de maio de 1856, e chamado Schlomo (Salomo) Sigismund, Sigmund Freud era filho mais velho do terceiro casamento de seu pai. Circuncidado ao nascer, o jovem Sigmund recebeu umaeducação judaica não tradicionalista e aberta à filosofia do Iluminismo.
Nos finais do século XIX surgia à psicanálise, como terapia e criada por Sigmund Freud, que pôde observar nos seus pacientes, que amaior parte de suas perturbações emocionais se devia à existência de problemas sexuais reprimidos, embora, o conceito de sexualidade tivesse para ele um significado muito mais vasto do que lhe eraatribuído pela linguagem comum.
A sexualidade seria para Freud, todo o tipo de comportamento que resultasse fisicamente gratificante, prazeroso, e, portanto, abrangeria toda a atividade instintivarelacionada com as necessidades corporais.
A psicanálise é um método de tratamento para perturbações ou distúrbios nervosos ou psíquicos, ou seja, provenientes da psique; bastante diferente da hipnose ou dométodo catártico. A terapêutica pela catarse hipnótica deu excelentes resultados, não obstante as inevitáveis relações que se estabeleciam entre médico e paciente. Posteriores investigações levaramFreud a modificar essa técnica, substituindo a hipnose por um método de livre associação de ideias (psicanálise).
O método psicanalítico de Sigmund Freud consistia em estabelecer relações entre tudoàquilo que o paciente lhe mostrava, desde conversas, comentários feitos por ele, até os mais diversos sinais dados do inconsciente.
Freud sempre achou que existia certo conflito entre os impulsos humanose as regras que regem a sociedade. Estes impulsos são capazes de trazer à tona necessidades básicas do ser humano que foram reprimidas, como por exemplo, o instinto sexual.
Freud contraria...
tracking img