Pele e tato

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 31 (7583 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
A PELE COMO ÓRGÃO
A pele (tegumento) é o maior órgão do corpo e, juntamente com seus órgãos anexos (pêlos, glândulas, unhas), constitui o sistema tegumentar, incluído neste sistema estão os milhões de receptores sensitivos da pele e sua extensa rede vascular. Em certas áreas do corpo, apresenta modificações de adaptação que conciliam funções de proteção ou metabólicas. Atuando como interfacedinâmica entre o ambiente externo, que continuamente apresenta mudanças, e o ambiente interno do corpo, a pele ajuda a manter a homeostasia.
A pele é um órgão, já que consiste em vários tipos de tecidos que são estruturalmente organizados para funcionar em conjunto. É o maior órgão do corpo, cobrindo mais de 7.600 cm² no adulto médio, e ocupa aproximadamente 7% do peso do corpo de uma pessoa. A peleé de espessura variável, em média 1,5 mm, e é mais espessa nas partes do corpo mais expostas ao uso e ao desgaste, como as plantas dos pés e as palmas das mãos. Nessas áreas, tem aproximadamente 6 mm de espessura. É mais fina nas pálpebras, genitais externos e membrana timpânica, onde tem aproximadamente 0,5 mm de espessura. Até mesmo sua aparência e textura variam da pele áspera, calosa que cobreos cotovelos e as juntas para as áreas finas sensíveis das pálpebras, papila mamária e genitais externos.
A pele consiste em duas camadas principais: A epiderme, mais superficial é estratificada em quatro ou cinco camadas estruturais e a derme subjacente a ela, espessa e mais profunda, consiste em duas camadas. A hipoderme (tela subcutânea) liga a pela aos órgãos subjacentes.

1. EPIDERME
Aepiderme, camada superficial e protetora da pele, é formada por epitélio estratificado pavimentoso que varia de 0,007 a 0,12 mm de espessura. Todas as camadas, menos as mais profundas, são compostas de células mortas. Quatro ou cinco camadas podem estar presentes, dependendo do local onde a epiderme se encontra (Figs. 1 e 2.1 em anexo). A epiderme das palmas das mãos e das plantas dos pés temcinco camadas porque estas áreas são mais expostas ao atrito; em todas as áreas do corpo, a epiderme só tem quatro camadas. Os nomes e as características das camadas da epiderme são os seguintes:

1. Camada basal. A camada basal (estrato basal) consiste em uma única camada de células em contato com a derme. Quatro tipos de células compõem a camada basal: queratinócitos, melanócitos, células táteis(células de Merkel) e dendrócitos granulares não pigmentados (células de Langershans). Com exceção das células táteis, essas células estão constantemente se dividindo mitoticamente e estão se deslocando externamente para renovar a epiderme, levando entre 6 a 8 semanas para as células se deslocarem da camada basal até a superfície da pele.
Queratinócitos são células especializadas que produzem aproteína queratina, que fortalece e impermeabiliza a pele. Como os queratinócitos estão afastados dos nutrientes vas¬culares e do fornecimento de oxigénio da derme, os seus nú¬cleos degeneram, seus conteúdos celulares são dominados por queratina, e o processo de queratinização se completa. Até que os queratinócitos alcancem a superfície da pele, eles se assemelham a escamas achatadas mortas, e estãocompletamente cheios com queratina envolvida por mem¬branas celulares frouxas. Melanócitos são células epiteliais especializadas que sintetizam o pigmento melanína que pro¬porciona uma barreira protetora contra a radiação ultravio¬leta da luz solar. Células táteis são escassas quando comparadas com os queratinócitos e melanócitos. Essas cé¬lulas receptoras de sensibilidade ajudam na recepçãotátil (tato). Os dendrócitos granulares não pigmentados estão dispersos ao longo da membrana basal e são células macrofágicas protetoras que englobam as bactérias e outros resíduos estranhos.
2. Camada espinhosa. A camada espinhosa contém algumas camadas de células. A aparência espinhosa dessa camada em razão dos prolongamentos semelhantes a espinhos que surgem dos queratinócitos quando o tecido...
tracking img