Peixoto de azevedo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2012 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
PEIXOTO DE AZEVEDO

Peixoto de Azevedo é um município brasileiro do estado de Mato Grosso. Localiza-se no norte do Estado - Região Sul da Bacia Amazônica, na Amazônia Legal, a uma latitude 10º13'23" sul e a uma longitude 54º58'47" oeste, estando a uma altitude de 346 metros. Sua população estimada em 2004 era de 20 479 habitantes. Atualmente sua estimativa é de 29.995 habitantes sendo que a suadensidade populacional é de quase 2.02 habitantes por km quadrado segundo dados do IBGE. O município é nacionalmente conhecido por ser palco do segundo maior desastre aéreo do país, ocorrido em 29 de setembro de 2006.
Seu relevo é plano e ondulado com elevações formadoras da Bacias dos Rio Peixoto de Azevedo ( principal rio que deu origem ao nome da cidade ) e Iriri. Biológicamente seu solo é dotipo Latossolos ( vermelho e amarelo ). As suas madeiras mais comuns são: Angelin, Canela, Canelão, Garapeira, Jatobá, Cedro Amazonas, Champanhe, Itaúba, Mescla, Cambará, Amoreira, Massaranduba, Ipê, Peróba, Angico e Marupá.Seu clima é equatorial.
Seus recursos hídricos é formado pelo Rio Peixoto de Azevedo e seus formadores, sendo eles: Pium, Peixotinho I, Peixotinho II e Piranha, também o RioXingú localizado na divisa ao leste do município e seus afluentes.
Suas reservas indígenas é formada pelas aldeias Kaiapó, Kapoto e Metuktire junto com a Reserva dos Índios Terenas, transferidos do Sul do Estado para este município no ano de 2002.
Sua economia tem como fonte principal a agricultura, sendo que o ouro, longe do que era na década de 80, ainda responde com uma parcela significativano giro financeiro da cidade. A cada ano aumenta a área cultivada e o número de pessoas que passam a investir no campo. A pecuária também tem participação importante no contexto econômico peixotense. O comércio peixotense também passou por um momento de adaptação. Hoje o comércio local é composto por centenas de estabelecimentos que oferecem praticamente de tudo. Antes, o que era encontrado emoutras cidades, já está disponível nas empresas peixotenses fazendo do município um pólo comercial da região. A criação de frangos, a pesca, a produção de farinha, as pequenas indústrias artesanais e as fábricas de móveis são outras áreas importantes de sua economia.

HISTÓRIA
A célebre corrida em busca do ouro na década de 70, foi sem dúvida o início da história de Peixoto de Azevedo.

O nomedo município denominou-se do referido Rio que banha seu território, que por sua vez, recebeu o nome em homenagem ao tenente de milícias Antônio Peixoto de Azevedo, que no ano de 1819, comandou uma expedição que deu nome ao rios Arinos, Teles Pires e Rio Sangue. Ao que se sabe, Antônio buscava alternativas de transportes praticados na época, em direção a capital paraense, cognominada de "NavegaçãoParanista."
São poucos os dados que se encontram nos registros históricos, daí a grande dificuldade de historiadores contemporâneos em relatar maiores detalhes dessa expedição.Porém, sabe-se que a referida epopéia destes desbravadores não obteve resultados esperados, nem se quer satisfatórios, isso fez com que a expedição retornasse ao seu destino de origem.
Devido à isto, a região permaneceubruta e intocada até chegar a década de 70, com o projeto do Governo Brasileiro de construir grandes estradas na Amazônia, dando origem à então famosa BR 163 aberta pelo 9º BEC - Batalhão de Engenharia e Construção. Em conseqüência, tudo isto inibiu a atividade garimpeira e a construção de barracas ao longo da rodovia.
No ano de 1979, grandes quantias de ouro são descobertos no local e a notícia seespalha tão rapidamente que chegam ao território, milhares de pessoas de diversas regiões, principalmente do Norte e Nordeste, em busca do enriquecimento rápido, do lendário "bamburro", provocando uma conhecida e inevitável "corrida do ouro". Também muitos colonos recém-chegados dos Estados do Sul, trazidos pelas colonizações públicas ou privadas, para os projetos de assentamentos agrícolas,...
tracking img