Pedagogia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1173 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE DE MEIO AMBIENTE E TECNOLOGIA - FAMATEC
PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU
PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL E CLÍNICA












SÍNTESE – VISÃO DA EPISTEMOLOGIA CONVERGENTE SOBRE O PROCESSO DE APRENDIZAGEM














PETROLÂNDIA-PE
2012
EDIONE IZABEL ALVES DA SILVA
LIDUINA MENEZES CAVALCANTE
LUCILENE VIANA CAVALCANTE
PAULA DANIELLI GOMES MONTEIROSÍNTESE – VISÃO DA EPISTEMOLOGIA CONVERGENTE SOBRE O PROCESSO DE APRENDIZAGEM






Trabalho apresentado à Disciplina Psicopedagogia Institucional I e II, como requisito parcial para qualificação na disciplina, sob a orientação da Professora Cristocarmen Rabelo Santana.






PETROLÂNDIA-PE
2012"Nasceu gente é inteligente."
Jean Piaget
INTRODUÇÃO


A Epistemologia Convergente procura compreender a contribuição dos aspectos afetivos, cognitivos e do meio sócio educacional, no processo da aprendizagem do indivíduo e as possíveis dificuldades apresentadas, tendo como base, a integraçãodos conhecimentos da psicologia genética, da psicanálise e da psicologia social. 
A articulação entre as dimensões afetivas e cognitivas do indivíduo só se completam no estabelecimento da relação contínua dessas dimensões com o meio onde o indivíduo vive, formando uma unidade, um sistema com características únicas.
É nesse patamar que o psicopedagogo precisa atuar, ou seja,propiciar condições para que o aprendiz construa seu conhecimento tomando como referencial uma postura reflexiva, isto é de revisão pessoal, visando à possibilidade da construção de novos valores, de novas concepções.
- DE QUE FORMA A VISÃO DA EPISTEMOLOGIA CONVERGENTE SOBRE O PROCESSO DE APRENDIZAGEM AUXILIA O PSICOPEDAGOGO A RESSIGNIFICAR SUA CONCEPÇÃO SOBRE A APRENDIZAGEM?


AEpistemologia convergente é uma linha teórica, criada pelo psicopedagogo argentino Jorge Visca, que propõe um trabalho clínico utilizando-se da confluência das três linhas: A Psicogenética (Piaget), a Psicanálise (Freud) e a Psicologia social (Enrique Pichon Riviere) onde, apresenta uma dimensão clássica de clínica, propondo diagnóstico, tratamento corretor e prevenção.
Para Visca, a aprendizagemdepende de uma estrutura onde envolva o cognitivo/afetivo/social, nas quais estas sejam indissociavelmente ligadas a alguns aspectos desses três elementos. Sendo assim, a inteligência vai se construindo a partir da interação do sujeito e as circunstâncias do meio social.
A partir dessas três linhas, estuda-se a aprendizagem e seus problemas onde se caracteriza por ser uma visãoincorporada do conhecimento.
Podemos mencionar que, existe um número bastante grande de teorias da aprendizagem. Teorias estas que parte da ideia de que os indivíduos têm diferentes formas de perceber e de processar a informação o que implica nos processos de aprendizagem.
A aprendizagem é uma ação continuada da qual se criam novas representações que podem ser reveladas, no sentido emque ideias já prontas podem ser propostas aos sistemas inteligentes, que as incorporam.
Na visão de Visca, a aprendizagem depende de uma estrutura onde envolve o cognitivo/afetivo/social, nas quais estas são inseparavelmente ligadas a alguns aspectos desses três elementos. Dessa forma, a inteligência iria se construindo a partir da ação mútua do sujeito e as particularidades do meiosocial.
No seu ponto de vista bastante clínico, e aludindo-se muito a Piaget, Freud, Pichon e suas Epistemologias, Visca é capaz de mostrar que a aprendizagem é vital na edificação das idéias. Que para aprender a pensar socialmente é indispensável à orientação do condutor e o contato do aprendiz com outros de si.

Teoria Psicogenética

De acordo com a teoria psicogenética de...
tracking img