Pedagogia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 25 (6066 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de julho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE INTERNACIONAL DE CURITIBA

VIVIANE PAPPIS

LUDICIDADE E INFORMÁTICA EDUCATIVA NO ENSINO DA GEOGRAFIA

ARROIO DO TIGRE
2011
FACULDADE INTERNACIONAL DE CURITIBA

VIVIANE PAPPIS

LUDICIDADE E INFORMÁTICA EDUCATIVA NO ENSINO DA GEOGRAFIA
Trabalho de Conclusão de Curso apresentado à Faculdade Internacional de Curitiba, comorequisito parcial para a obtenção do título de pedagogo.

ARROIO DO TIGRE
2011
SUMÁRIO
1. INTRODUÇÃO......................................................
2. LUDICIDADE E INFORMÁTICA EDUCATIVA NO ENSINO DA GEOGRAFIA
3. CONSIDERAÇÕES FINAIS
REFERÊNCIAS

1. INTRODUÇÃO

O presente TCC- Texto Final vem apresentar o tema: Ludicidade e InformáticaEducativa no Ensino da Geografia, tendo como foco principal conhecer novos métodos de trabalhar a ludicidade e a informática em uma turma de séries iniciais do Ensino Fundamental.
Nesse sentido sabemos que a Geografia apresenta um papel imprescindível no ensino básico porque revela o mundo, ou seja, leva o aluno a compreensão do lugar onde ele vive ajudando a mudá-la.
Sendo assim, ageografia é uma ciência que tem o objetivo de estudar a superfície terrestre bem como a sua distribuição espacial de fenômenos geográficos. E ainda, é uma das matérias escolares que mais se aplicam no dia a dia, pois trabalha o espaço em que o aluno está inserido, desde aspectos físicos, econômicos, ou humanos. “A geografia tem um caráter particularmente heterogêneo; se por um lado, ela se alinhaentre as ciências da natureza, por outro se situa entre as ciências do homem” (MENDONÇA, 2001: 16).
A dinâmica moderna exige do ensino de Geografia uma rápida adaptação às novas tendências pedagógicas e aos novos caminhos que a tecnologia apresenta. Não é preciso o abandono das estratégias de ensino comumente utilizadas, mas podem-se juntar novas técnicas às antigas. Entretanto, é necessárioque o professor seja o mediador desse processo.
De acordo com Prado (1998, p.3), “o uso da informática (...) pelo professor deve ultrapassar o aspecto da modernização. Isto significa conceber o uso do computador como uma ferramenta que propicia ao sujeito refletir na e sobre a sua ação, através do ciclo de aprendizagem”.
O uso coerente dessa tecnologia deixa de ser uma simplesoportunidade de transmissão da informação para ser a vivência de uma experiência que contextualiza o conhecimento que o professor constrói; neste sentido Belloni (2007, p.19) afirma:
A nova pedagogia deve permitir a apropriação dos saberes e das técnicas, incorporando-os à escola de modo a valorizar a cultura dos alunos e a criar oportunidades para que todas as crianças tenham acessoa esses meios de comunicação. Humanizar as máquinas de comunicar, dominá-las, sujeitando as aos princípios emancipadores da educação, eis aí o desafio que está posto.

O termo “Ludicidade” tem sua origem na palavra latina “ludus”, que significa “jogo”. No entanto, os termos jogo e jogo educativo possuem especificidades que os diferenciam. Jogos são entendidos como uma situação lúdicaestruturada envolvendo um ou mais jogadores. Já os jogos educacionais têm objetivos pedagógicos inseridos em um determinado contexto no processo de ensino e aprendizagem.
Por meio da atividade lúdica (jogos, paródias, músicas entre outros) e da informática educativa, provocar aprendizagem significativa, estimulando a construção de um conhecimento que desperte o desenvolvimento de habilidadesoperatórias. Isso significa desenvolver determinadas aptidões ou capacidades cognitivas e apreciativas específicas que possibilitam a compreensão e a intervenção do indivíduo nos fenômenos sociais e culturais e que o ajudem a construir diferentes tipos de conexões. (BELINE & SALVI, 2006)
Segundo Martins (2008):
Jogos pedagógicos e dinâmicos, funcionando como exercícios...
tracking img