Pedagogia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 19 (4580 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
As Migrações
A todo o momento, pessoas deixam sua cidade de origem rumo a outras para ficar permanentemente ou só morar por um tempo (determinado ou não). São os migrantes, que aqui, no Brasil, representam 40% da população, segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) de 2007, feita pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Embora os fluxos migratóriostenham sido mais intensos nas décadas de 1960 e 70, a circulação ainda é grande: recentemente, 10 milhões de brasileiros (5,4% da população) se mudaram para outro lugar.
Os movimentos horizontais ou transladativos são os deslocamentos definitivos ou temporários dos habitantes de um lugar para outro. É o caso do nomadismo, das migrações, da transumância e do êxodo rural.
O nomadismo é o movimentoconstante praticado pelos povos sem residência fixa. É o caso dos ciganos.
As migrações são movimentos de pessoas de uma região para outra. São internas quando ocorrem dentro de um mesmo país e externas quando se dá de um país para outro, daí o fato de existir:
• emigração: a saída da população de um lugar;
• imigração: a entrada ou chegada de estrangeiros num lugar.
Os estrangeiros que seencontram morando no Brasil foram emigrantes de seus países – Portugal, Espanha, Itália, Japão – e, quando aqui chegaram, tornaram-se imigrantes.
Os países de antiga colonização e de elevada densidade demográfica são, quase sempre, países de emigração, como Portugal, Espanha, Itália, Japão, China, Coréia do Sul, Alemanha, Holanda e muitos outros.
Os países de colonização recente e de baixadensidade demográfica são países de imigração, como Estados Unidos, Canadá, Brasil, Austrália, Venezuela e outros mais.
A emigração de um país pode ser causada por vários fatores, como crises econômicas, doenças epidêmicas. Perseguições políticas e religiosas. Os preconceitos raciais também provocam emigração.
A imigração no Brasil foi autorizada em 1808, com a vinda da Família Real. No entanto, só em1818 chegaram os primeiros imigrantes. Eram suíços-alemães que se estabeleceram no atual Estado do Rio de janeiro, onde fundaram a cidade de Nova Friburgo.
Mas, somente com a necessidade de mão-de-obra para a cultura cafeeira, após 1850, é que se intensificaram as correntes imigratórias.
No governo Getúlio Vargas foi adotada a quota de imigração (1934), limitando a entrada de imigrantes em nossopaís.
O Brasil recebe imigrantes das mais variadas origens, principalmente da:
• Europa: portugueses e italianos;
• América Latina: uruguaios, argentinos e chilenos;
• Ásia: chineses e coreanos;
• América do Norte: estadunidenses.
O órgão do governo que cuida da imigração no Brasil é o Incra – Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária.
É comum no Brasil, a dedicação de certosimigrantes a determinadas atividades econômicas. É por essa razão que relacionamos:
• portugueses com padarias e bares;
• espanhóis com restaurantes, ferro-velho, indústrias gráficas, de mecânica e de metalurgia;
• japoneses com mercearias ou quitandas, tinturarias ou lavanderias, fotografias e eletrônica;
• turcos (árabes e sírio-libaneses) com comércio de tecidos e de roupas;
• chineses compastelarias e restaurante.


As Migrações Internas
As migrações internas estão intimamente ligadas ao processo de mudança da economia brasileira e à criação de novos pólos de desenvolvimento.
As atividades econômicas que atraíram as migrações internas no Brasil foram:
• a criação de gado no sertão do Nordeste, no século XVII, quando nordestinos deixaram a Zona da Mata, devido ã decadência dacana-de-açúcar;
• a mineração, no século XVIII, quando nordestinos e paulistas deslocaram-se para Minas Gerais devido à descoberta de ouro;
• a cultura do café na zona de terra roxa, que determinou novo movimento migratório (nordestinos e mineiros) para São Paulo e Paraná, em fins do século XIX e começo do atual;
• a coleta do látex(borracha natural), em fins do século XIX e começo do século...
tracking img