Pedagogia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1285 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO

A criança é diferente do adulto na idade e maturidade, porem,tirando a idad,o limite entre os dois está associado a cultura,ao momento histórico e os papéis determinados pela sociedade,que depende da classe socio-econômica que a criança e sua familia está inserida.A valorização e o sentimento são modificados a partir de mudanças econômicas e politicas,e isso é percebido emvários aspectos quee demonstram que familia e escola nem sempre foram iguais.

EDUCAÇÃO INFANTIL NA EUROPA

Na idade Média,temos a sociedade feldal,onde os ricos construiam suas leis,cultura,moedas e seus valores.A Igreja e o estado serviam para legitimação política e limitação dos poderes dos senhores feudais,a criança era um pequeno adulto ee possuiam pequena expectativa de vida,devido asprecárias formas de vida.O importante era a criança crescer rápido e s tornar um adulto.
Aos 7 anos,a criança(rica ou pobre)ra colocada em outra família para aprender os serviços domésticos e valores humanos,essa ida para outra casa fazia com que a criança saísse do controle da familia genitora,privando-os dos sentimento entre pais e filhos.Os colégios eram dirigidos pela igreja, e eram reservadospara um pequeno grupo de clerigos,principalmente do sexo masculino.Os trajes ram diferenciados pelas classes sociais.
A partir do século XIII,há um crescimento das cidades por causa do comércio.A igreja catolica perde o poder com o surgimento da burguesia,não tendo mais a assistencia social,concentra-se a pobreza.Surgem duas atitudes contraditória a concepção da criança:uma a consideraingênua,inocente e a outra a considera imperfeita e incompleta.Essas duas atitudes começam a modificar a base familiar,dando espaço para o surgimento da familia burguesa.
Na idade moderna,os stados laicos modificaram a visão que se tinha da criança.A criança nobre é tratada diferente da pobre,a rica tinha amor e lamentavam-se sua morte,a criança pleeb não tinha esse tratamento.
Surgem as primeiraspropostas de educação moralização infantil.A criança passa a ser alguem que precisa ser cuidada,escolarizada e preparada para uma atuação futura.Os colégios ficam com a missão de receber todos,de todas as classes sociais,mas o ensino era separado por classes sociais,não misturando-os.O ensino é primeiramente para meninos,a educação se torna mais pedagogica,surge ai os castigos corporais como forma dedisciplinar,usado tanto pelas familias quanto pelas escolas.Surgem também as primeiras creches,para os filhos de mães que trabalhavam na industria.
As crianças da burguesia passam a ter trajes diferentes,os pobres continuam iguais os adultos.A partir da segunda metade do século XVII,a entrada na escola passa a ser a partir dos 10 anos .
No capitalismo, criança precisava ser cuidada para uma atuaçãofutura,ela era conciderada um ser fraco e incomptente,economicamente não produtivo,que o adulto deve cuidar.Na educação,cria-se o primario para as classes populares,de pequena duração,com ensino prático para formação de mão de obra;e o ensino secundário para a burguesia e para a aristocracia de longa duração com o objetivo de formar pensantes e mandantes.No final do seculo XIX,difunde o ensinosuperior na class burguesa.
A escola popular se tornou deficiente,em muitos aspectos,para resolver eesse problema crio-se os programas de cunho compensatório para suprir as deficiencias de saúde,nutrição,educação e as do meio socio cultural,que começou no seculo XIX com Pestalozzi,Froebel,Montessori e mcMillan.A pr´escola era e como uma forma de superar a miseria,a pobreza,a negligencia dasfamilias.
E somente depois da Segunda Guerra Mundial é que o atendimento pré-escolar tomou novo impulso,com a demanda das mães que começaram a trabalhar nas industrias,crescia o interesse de estudiosos pelo desenvolvimento da criança.A preocupação com o método de ensino reaparecia.
EDUCAÇÃO INFANTIL NO BRASIL

No Brasil escravista,a criança escrava entre 6 e 12 já começa a fazer pequeenas...
tracking img