Pedagogia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1800 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
LEITURA E OS SENTIDOS DO TEXTO

Desde os primórdios da formação dos grupos sociais organizados e, até mesmo anteriormente a este período, o homem busca uma maneira de internalizar suas idéias, seus sentimentos e valores. Conforme essa necessidade aumentou, de modo que se pudesse realizar a comunicação entre esses seres da mesma espécie, surgiram formas de codificação desse processo decomunicação.
Nesse momento, os símbolos gráficos e os fonemas ganham dimensão conotatória e imprescindível nas relações de grupos bem sucedidos ou mau sucedidos.
Porem o processo de codificação de um emissor, indivíduo autêntico, único e dono de suas próprias vontades e razões não seriam suficientes para tornar a vida suscetível se não houvesse uma organização capaz de transmitir a mensagem ao demaiscomponentes dos grupos que até então se organizavam.
Além do processo gráfico que se estabeleceu, entaum, surgiu um processo fonético e, à medida que as situações impostas pelo meio variavam, mais os seres humanos acumulavam informações sobre os fenômenos e experiências para compartilhamento, e a comunicação se estabeleceu através de elementos gráficos e fonéticos.
Hoje, temos nas letras arepresentação gráfica mais significativa de uma Língua e, na comunicação oral, os fonemas.
Neste processo comunicativo, onde a representação gráfica assume um papel importantíssimo, uma vez que é capaz de simbolizar fatos de maneira atemporal, a leitura ganha merecido destaque e, entendê-la pressupõe uma série de outros fatores.
A leitura não significa meramente um processo de decodificação de palavras deum texto, mas perpassa as dimensões técnicas e pluraliza o sentido de captação de idéias, em uma “concepção sócio-cognitiva-interacional de língua que privilegia os sujeitos e seus conhecimentos em processo de interação.” (Bakhtin, 1992:290, apud Kock & Elias, 2008, pág.12)
A leitura se dá através de sinalizações emitidas por um emissor e se concretiza através da decodificação desta sinalizaçãopor um leitor, porém, os conhecimentos do leitor para a produção de sentidos é o elemento ativo na compreensão e interpretação do texto.
É nesse sentido que Kock & Elias (2008) afirmam que o foco no autor deixa de ter um papel imprescindível, posto que, neste caso, o leitor passa a ter um papel passivo e figura meramente como um receptor que deve assimilar a mensagem sem realizar nela nenhumainferência ou posicionamento, somente as exatamente descritas pelo autor.
Destaca-se, aqui, a concepção de leitura com o foco na interação autor-texto-leitor, onde “a materialidade linguística é o elemento sobre o qual e a partir do qual se constitui a interação.” (Kock & Elias, 2008, pág. 19).
Na leitura ativamos variáveis que são comuns aos grupos sociais, ou seja, o leitor produz sentidos deacordo com sua vivencia ou conhecimento de vida, grupo social em que está inserido, valores, entre outros aspectos. Dessa forma, a pluralidade de leituras e sentidos é absolutamente possível em um mesmo texto.
Pode-se citar, ainda, que um mesmo texto pode receber um estímulo direto do seu autor de maneira a modificar sua leitura e produzir um novo sentido no receptor/ leitor, embora essa orientaçãopossa não estar explicita e também produzir um sentido diferenciado, de acordo com o conhecimento prévio do autor que realiza ai inferências, antecipações, comparações e hipóteses.
Por fim, vale salientar que, nesse processo, assume tamanha importância os objetivos da leitura, que podem ser também variados: leitura científica para produção de novas idéias e/ ou conhecimentos, leitura para simplesprazer pessoal ou lazer, leitura informativa ou leitura de consulta.

Texto 1: Facebook perde usuários nos EUA, mas dispara no Brasil.

O Facebook é pródigo em números impressionantes. São mais de 600 milhões de cadastrados e cerca de 680 milhões de visitantes únicos por mês. Nesta segunda-feira, contudo, surgiu uma informação curiosa acerca da rede social de Mark Zuckerberg. Segundo...
tracking img