Pedagogia tecnicista

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 8 (1985 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 28 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Pontifícia Universidade Católica do Paraná
Programa de Pós- Graduação em Educação
Disciplina: Teoria da Educação
Professora:
Doutora Pura Lúcia Oliver Martins
Tema:Pedagogia Tecnicista
Aluna:Daniele A Gonçalves

Introdução

Este paper tem como objetivo fazer uma reflexão sobre a pedagogia tecnicista na qual há o envolvimento da Filosofia Positivista, a Psicologia Behaviorista e aTeoria Geral da Administração nas quais a ciência se apresenta na forma de um conhecimento objetivo.
Defendida por Frederick W. Taylor (Taylorismo) a ciência no lugar do empirismo é um dos princípios da administração cientifica suas idéias permanecem até hoje e nesta linha nasce o que denominamos de Pedagogia Tecnicista.

Pedagogia Tecnicista

A expectativa na PedagogiaTecnicista onde a ciência e a tecnologia caminham juntas e devem viabilizar o desenvolvimento econômico no sistema capitalista. A educação acaba neste sistema mediante a uma perspectiva tecnológica.
Conforme Kuenzer e Machado (1982) no texto indicado como base de leitura eles afirmam que “a tecnologia educacional, em seus termos simples, representa a racionalização do sistema de ensino emtodas as suas formas e níveis, tendo em vista a sua eficiência”. Mediante esta afirmação pode-se dizer que a tecnologia educacional utilizou-se da absorção através da educação da ideologia empresarial.
Entretanto, a Pedagogia Tecnicista somente é introduzida no Brasil no fim da década de 1960, ou seja, ela surge num período da história em que os militares tomam o poder e quando o país está soba influência americana das transformações nas tecnologias.
Há uma nova ordem política e social a ditadura militar.
O carro chefe da ideologia da ditadura militar era a postura de “desenvolvimento econômico com segurança” onde eles passam a chamar o sistema escolar de produtividade. Neste período tudo acontecia em nome do desenvolvimento e da “Segurança Nacional”. Também neste períodohavia um grande número de evasão e repetência escolar e alguns representantes dos interesses oficiais da época devido a índices desfavoráveis responsabilizaram o sistema escolar pela baixa qualificação de mão-de-obra em nosso país, pela desigualdade de distribuição de renda e pelo despreparo do povo em questões políticas.
Para aprofundar os pressupostos do tecnicismo temos de compreenderos aspectos históricos, desde empirismo, do próprio racionalismo passando pelo seu percurso, o positivismo.
Na buscadas raízes do tecnicismo na filosofia onde devemos dar atenção a John Locke que era influenciado pelo pensamento racionalista (Descartes) segue um caminho diferente para resolver o problema do conhecimento. Onde a concepção da alma como tabula rasa anuncia o fundamento de suateoria o conhecimento se dá pelo caminho sensível e pela experiência. Em Locke o pensamento se constitui das idéias, simples e complexas. A mente é como um papel em branco.
Há duas fontes para nossas idéias: a sensação e a reflexão. Sendo que a primeira resulta nas modificações ocorridas na mente através dos sentidos. A segunda se reduz a experiência interna do resultado que a sensaçãoproduz (pensamento-sentimento-ação).
A tendência ambientalista no tecnicismo é forte, portanto, na visão da psicologia ela se enquadra melhor na perspectiva do Beharviorismo. Esta teoria busca sua inspiração na filosofia empirista (a experiência como fonte de conhecimento) e positivista (objetividade e neutralidade no conhecimento da realidade humana; o ser humano é entendido como objeto e osfatos sociais como coisas, ou seja, o objeto de um interesse meramente prático).
A teoria ambientalista também chamada de behaviorista ou comportamentalista atribui ao ambiente a constituição das características humanas, privilegiando a experiência como fonte de conhecimento e de formação de hábitos de comportamento (a forma e o ambiente onde fui educado é que determina o meu comportamento...
tracking img