Pedagogia- leitura e produção de textos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1674 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Disciplina: Leitura e Produção de textos

LEITURA E OS SENTIDOS DO TEXTO
O Ato de ler já nasce junto com o ser - humano, ao abrir dos olhos ele enxerga com reflexos o que está a sua volta, pois a leitura é o próprio ato de ver, na sua concretude. Ou representado por meio da escrita, do som, da arte, dos cheiros. A leitura é uma experiência cotidiana e pessoal representativa para cadapessoa.
Minha leitura é só minha incapaz de ser a do outro... A convergência total neste ponto inexiste, e é aí que se encontra o grande encanto da leitura, recheada de tantos outros, mas tão única para um só.
É por meio da leitura que conseguimos o domínio da palavra.

Estratégias de leitura
As estratégias de leitura são as formas utilizadas pelo leitor para facilitar acompreensão de um texto.
Algumas pessoas encontram dificuldades em ler, isso acontece porque o individuo ainda não encontrou um meio estratégico para promover a sua leitura.
Existem algumas práticas que ajudam a despertar este interesse.

Por exemplo:

- Procurar ler o que é do interesse ou o que goste- pois é através desta prática que ele irá adquirir hábitos de leitura.

-Leitura em voz alta- enquanto lê em voz alta, a concentração é facilitada já que a leitura silenciosa pode sofrer interferências de pensamentos alheios ao assunto tratado no texto.

-Representação visual dos acontecimentos- à medida que lê, o individuo faz reproduções mentais acerca dos fatos.

-Antecipação das informações- ou seja, o conhecimento prévio que o leitor possui a respeitodo que lê. Este método causa tranquilidade e conforto.

-Identificar pontos principais no texto- ajuda o leitor a ter curiosidade de entender o que está acontecendo.

Para crianças que ainda estão em processos de alfabetização ou ainda não foram alfabetizadas, há diversas formas de estratégias.
Se ouvirem histórias, contos a serem contados de forma entusiasmada desperta o gostopela leitura e a vontade de aprender a ler para obterem conhecimento de tudo que está relacionado.
Os professores são instrumentos eficientes para semear o prazer pela leitura, fazer dela algo prazeroso, uma prática social bem aproveitada. “Acredite: não é perca de tempo ler para quem ainda não aprendeu a falar”. (Júlia Priolli- Nova Escola)
Um exemplo são os bebês, eles podem nãoentenderem a história lida, mas com certeza a leitura em voz alta, fará com que eles entrem em contato com linguagens orais e escritas que serão importantes para o seu desenvolvimento; e se desde pequeninos caminharem neste contexto, quando chegarem à fase adulta terão certamente carregado consigo o hábito da leitura.
Desde o momento em que acordamos, nos deparamos com linguagens verbais e nãoverbais, portanto fazemos leitura de tudo o que está ao redor, “Quem lê constrói sua própria ciência” diz (João Álvaro Cruz).

Leitura e produção de sentidos

Devemos entender o conceito de sujeito e da língua para compreendermos o conceito de leitura.
Para nos comunicarmos e expressarmos utilizamos vários recursos de linguagem, tais como:
-Palavras, sinais visuais, gestos,símbolos, expressões fisionômicas. As quais podem descrever de forma significativa que:
-O emissor (autor), é a pessoa que fala, escreve, e passa informações;
-A mensagem (texto), é a conversa, o código, o símbolo, o texto;
-O receptor (leitor), é a pessoa que ouve, lê e recebe informações.
Em todo ato de comunicação, escrita ou fala do autor do texto, tem um objetivo, seja deinformar, criticar, dar sua opinião; e espera-se que o leitor adere às informações, avalie, critique, de sentido ao que lê.
Segundo Koch (2002),
Existem três concepções de leitura:
• Foco no autor
• Foco no texto
• Foco na interação autor - texto - leitor.
Na primeira concepção, foco no autor; o texto é exclusivo para passar a idéia do autor, o sujeito é individual,...
tracking img