Pedagogia hospitalar

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 25 (6185 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE ALFREDO NASSER INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO CURSO DE PEDAGOGIA

PEDAGOGIA HOSPITALAR: a humanização na educação
Elisângela Henrique Lopes

APARECIDA DE GOIÂNIA 2010

2

ELISÂNGELA HENRIQUE LOPES

PEDAGOGIA HOSPITALAR: a humanização na educação
Artigo de pesquisa apresentado ao Instituto Superior de Educação da Faculdade Alfredo Nasser, sob orientação da Professora Ms.Cristiene de Paula Alencar, como parte dos requisitos para a conclusão do curso de Pedagogia.

APARECIDA DE GOIÂNIA 2010

3

PEDAGOGIA HOSPITALAR: a humanização na educação
Elisângela Henrique Lopes 1
RESUMO: O presente artigo pretende mostrar a importância do trabalho pedagógico hospitalar, para crianças em situação de internamento por motivos de saúde que se encontram impossibilitados defrequentar a sala de aula do ensino escolar. Apresentou-se como este trabalho tem sido realizado baseado em relatos bibliográficos de autores envolvidos com a temática. Pontou-se a necessidade de integração da equipe de trabalho da área da saúde com o pedagogo e a família para realização de uma educação humanizada. Utilizou-se da contribuição significativa de Porto, Mattos, Megatti, Ceccim paramelhor compreensão da atuação pedagógica no ambiente hospitalar. Palavras-chave: Pedagogia hospitalar. Classe hospitalar. Humanização. Educação.

INTRODUÇÃO

A Pedagogia Hospitalar é uma nova área da pedagogia em que pacientes, alunos e professores são conceituados como educandos e educadores, portanto, o ato pedagógico neste contexto pode proporcionar a continuidade da escolaridade. Não se podedizer que a Pedagogia Hospitalar seja uma novidade na área educacional, pois já faz parte da realidade no campo de atuação do pedagogo na sociedade contemporânea. Libâneo (1997), em pronunciamento na 20º reunião anual da ANPED2, explicou que o campo de atuação da pedagogia é inserido nos múltiplos contextos da prática social da educação. Não há uma forma única, nem um modelo único de educação, aescola não é o único lugar em que ela acontece e talvez nem o melhor; o ensino escolar não é a única prática de transformação contemporânea que contribui para consolidar o entendimento da educação, ocorrendo em muitos lugares institucionalizado ou não. Ceccim (1999, p. 83), afirma que mesmo doentes as pessoas continuam aprendendo, “O trabalho do educador no hospital é importante a fim de evitarprejuízos maiores, possibilitando a inclusão educativa e social”. Prejuízos que, uma

1 2

Acadêmica do curso de Pedagogia do Instituto Superior de Educação Faculdade Alfredo Nasser. ANPED - Associação Nacional de pós-graduação e Pesquisa em Educação.

4

vez hospitalizados desestimula o aluno e faz com que o mesmo perca o interesse pelos estudos, outro fator é a desatualização em relação aconteúdos escolares. O prejuízo social refere-se ao fato da pessoa estar desintegrada do grupo social como os colegas e professores de sua sala de aula, amigos e familiares. Nesse sentido, o trabalho pedagógico hospitalar resgata este afastamento criando uma situação de continuidade ao trabalho escolar. A presença do professor, dos objetos de ensino e outros profissionais envolvidos fazem com queo paciente se sociabilize e encontre a oportunidade nestes momentos de ensino, de resgatar a linguagem escolar, ampliar a socialização com outros profissionais e família a fim de favorecer a continuidade da vida e o sentir-se humanamente vivo. A hipótese que se levanta é a de que o pedagogo hospitalar deve estar preparado para ocupar este lugar específico e para tanto, considera-se importanteconhecer o contexto hospitalar com suas especificidades. Interagir com os diversos profissionais da área que estão em contato direto com o aluno em situação de internação, com sua família, e sua história de vida em busca de desenvolver um trabalho pedagógico efetivo que auxilia o aluno neste momento delicado viabilizando um processo de humanização do ato de educar. Segundo Vasconcelos (2002),...
tracking img