Pedagogia do oprimido - resumo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (372 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Pedagogia do Oprimido / Paulo Freire – 50. ed. rev. e atual. – Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2011.
Paulo Freire em “Pedagogia do Oprimido” descreveu um novo modelo de educação que, ao contrário dovigente, tem no diálogo sua característica dominante.
Quatro são as principais abordagens do autor: na primeira o autor explica o objetivo do livro que é o de apresentar a situação oprimido/opressor, asegunda descreve o modelo bancário da educação como ferramenta de opressão, a terceira parte apresenta um modelo novo de educação baseado na dialogicidade usada como instrumento de libertação etransformação e a quarta parte confronta o modelo dialógico com seu antagônico.
A Pedagogia do Oprimido visa abrir os olhos destes ao mundo, a ajudá-los na transformação de suas vidas por meio de umaeducação com eles e não para eles. Alguns dos conceitos apresentados no livro são de grande relevância para o universo educativo, são eles:

O ”Medo da Liberdade” (p. 31). Paulo Freire descreve essecomo sendo um dos principais empecilhos a libertação das massas oprimidas, onde o oprimido acomoda-se na condição de ser menos e conformado não busca a O professor deve servir de mediador, utilizandona sala de aula o conhecimento trazido pelos alunos, compartilhando experiências para que ocorra a construção de seres críticos.
• transformação.
• A “Educação Bancária” (p. 79). Freire aponta queesse método educacional, que ensina a ouvir e não a falar - onde o professor apenas deposita conhecimento na cabeça dos alunos -, como sendo uma das principais e primeiras formas de se oprimir.
• AEducação Dialógica (p.110). Ao contrário da Educação Bancária, está seria a alternativa para a libertação das massas excluídas, uma educação feita deles, respeitando suas opiniões e experiências, tendo odiálogo como ferramenta transformadora.
• A “Liderança Revolucionária” (p.181). O líder das massas, não deve de modo algum “hospedar” o opressor em seu subconsciente, deve sim compartilhar as...
tracking img